Explosão de projéctil mata duas pessoas na Quilemba

  • Especialistas em acção de desminagem na província do Cunene
Lubango - Dois membros da mesma família morreram em consequência da explosão de um projéctil de 60 milímetros, no sector do Luyovo, comuna da Quilemba, arredores do Lubango, na província da Huíla.

Apesar do incidente ter ocorrido no início deste mês, a informação só foi revelada hoje, terça-feira, pelo director provincial do Instituto Nacional de Desminagem (INAD) Tomás Calundungo.

Trata-se segundo acidente na zona, em dois anos, tendo o primeiro ocorrido em Maio de 2020, que vitimou mortalmente um menor de dez anos de idade, quando tentou abrir um engenho.

Em declarações à ANGOP, o responsável disse que o caso sucedeu quando um jovem de 18 anos de idade transportou para sua residência o engenho e ao tentar abri-lo para dele retirar chumbo deflagrou e matou a si e a irmã de 14 anos de idade.

Tomás Calundungo realçou que o engenho foi encontrado num antigo campo militar denominado “Carreira de Tiros” que pertenceu da unidade militar da Swapo (partido no poder na Namíbia) de 1970 a 1990.

Segundo a fonte, foi feita uma avaliação do local do incidente e foi possível a remoção de sete outros explosivos, entre os quais um projéctil de 122 milímetros, dois rockets de RPG-7, um diagrama e um projéctil de 60 milímetros.

Segundo o director, a situação é "preocupante", mas o INAD está a traçar uma estratégia com a equipa de engenharia militar das FAA, com vista a fazer-se um trabalho de sensibilização, porque a população alega que na localidade existem mais engenhos.

Apesar do incidente ter ocorrido no início deste mês, a informação só foi revelada hoje, terça-feira, pelo director provincial do Instituto Nacional de Desminagem (INAD) Tomás Calundungo.

Trata-se segundo acidente na zona, em dois anos, tendo o primeiro ocorrido em Maio de 2020, que vitimou mortalmente um menor de dez anos de idade, quando tentou abrir um engenho.

Em declarações à ANGOP, o responsável disse que o caso sucedeu quando um jovem de 18 anos de idade transportou para sua residência o engenho e ao tentar abri-lo para dele retirar chumbo deflagrou e matou a si e a irmã de 14 anos de idade.

Tomás Calundungo realçou que o engenho foi encontrado num antigo campo militar denominado “Carreira de Tiros” que pertenceu da unidade militar da Swapo (partido no poder na Namíbia) de 1970 a 1990.

Segundo a fonte, foi feita uma avaliação do local do incidente e foi possível a remoção de sete outros explosivos, entre os quais um projéctil de 122 milímetros, dois rockets de RPG-7, um diagrama e um projéctil de 60 milímetros.

Segundo o director, a situação é "preocupante", mas o INAD está a traçar uma estratégia com a equipa de engenharia militar das FAA, com vista a fazer-se um trabalho de sensibilização, porque a população alega que na localidade existem mais engenhos.