Diocese de Luena ganha maior unidade de energia solar

  • Moxico: Unidade de Energia Solar
Luena – Uma unidade de energia solar, com potência de 36 quilowatts, foi inaugurada hoje, quinta-feira, na diocese de Luena, província do Moxico, com apoio da multinacional Total Energies E&P.

A unidade, montada no Centro Educativo Dom Puaty, localizado no bairro quilómetro cinco, a norte do Luena, vai, entre vários projectos sociais, beneficiar uma escola de oito salas de aula, um orfanato feminino com 70 camas, serviços que serão extensivos às residências circunscritas.

Ao intervir no acto, o director geral da Total E&P – Angola, Oliver Jouny, disse que esta acção é resultado da responsabilidade social da empresa, que prevê a implementação de 34 projectos em 12 províncias do país, com vista a contribuir no desenvolvimento e formação do capital humano.

O responsável anunciou a construção de uma central de energia solar, na zona da Quilemba, no Lubango, província da Huíla, projecto que vai ser desenvolvido e financiado pela empresa, em parceria com a Sonangol, com vista a contribuir no aumento da potência na rede eléctrica, reduzindo o uso de combustível nas centrais térmicas.

Nesta perspectiva, disse que já foi, igualmente, inaugurado um centro com as mesmas valências, no distrito urbano de Viana, em Luanda, para responder à necessidade energética de uma escola de 30 salas de aulas, bem como habitações dos professores e corpo directivo.

Para a diocese de Luena está ainda prevista a construção de um colégio na região, assim como a ampliação de um internato e residência das irmãs da congregação Santa Isabel, segundo fez saber.

Na ocasião, o director do Gabinete provincial do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários, Paulo Lumai, destacou a importância da primeira unidade de energia solar erguida na região, que segundo ele, vai contribuir na redução da poluição, medida que vai ajudar na protecção do meio ambiente.

Aconselhou às organizações sociais a implementarem acções do género, com vista a mitigação dos impactos negativos sobre o meio ambiente.

Por sua vez, em representação da Diocese de Luena, padre Zeferino Passagem, que enalteceu os apoios prestados pela Total energia E&P, disse que a implementação de projectos de inclusão digital, beneficiando pessoas das zonas rurais, vai continuar a ser preocupação da igreja local, aliado a formação técnica e académica da população.

A unidade, montada no Centro Educativo Dom Puaty, localizado no bairro quilómetro cinco, a norte do Luena, vai, entre vários projectos sociais, beneficiar uma escola de oito salas de aula, um orfanato feminino com 70 camas, serviços que serão extensivos às residências circunscritas.

Ao intervir no acto, o director geral da Total E&P – Angola, Oliver Jouny, disse que esta acção é resultado da responsabilidade social da empresa, que prevê a implementação de 34 projectos em 12 províncias do país, com vista a contribuir no desenvolvimento e formação do capital humano.

O responsável anunciou a construção de uma central de energia solar, na zona da Quilemba, no Lubango, província da Huíla, projecto que vai ser desenvolvido e financiado pela empresa, em parceria com a Sonangol, com vista a contribuir no aumento da potência na rede eléctrica, reduzindo o uso de combustível nas centrais térmicas.

Nesta perspectiva, disse que já foi, igualmente, inaugurado um centro com as mesmas valências, no distrito urbano de Viana, em Luanda, para responder à necessidade energética de uma escola de 30 salas de aulas, bem como habitações dos professores e corpo directivo.

Para a diocese de Luena está ainda prevista a construção de um colégio na região, assim como a ampliação de um internato e residência das irmãs da congregação Santa Isabel, segundo fez saber.

Na ocasião, o director do Gabinete provincial do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários, Paulo Lumai, destacou a importância da primeira unidade de energia solar erguida na região, que segundo ele, vai contribuir na redução da poluição, medida que vai ajudar na protecção do meio ambiente.

Aconselhou às organizações sociais a implementarem acções do género, com vista a mitigação dos impactos negativos sobre o meio ambiente.

Por sua vez, em representação da Diocese de Luena, padre Zeferino Passagem, que enalteceu os apoios prestados pela Total energia E&P, disse que a implementação de projectos de inclusão digital, beneficiando pessoas das zonas rurais, vai continuar a ser preocupação da igreja local, aliado a formação técnica e académica da população.