Cazenga com mais um posto de vacinação contra Covid-19

  • Vacina contra à Covid-19
Luanda - O município do Cazenga, em Luanda, conta a partir de hoje, segunda-feira, com mais um posto de vacinação contra a Covid-19, instalado na escola Um de Junho, distrito Urbano 11 de Novembro.

A expansão do posto de vacinação vai facilitar também a administração da segunda dose aos cidadãos que já tomaram a primeira dose da Pfaizer e Sinopharm.

A coordenadora do Programa Alargado de Vacinação, Alda de Sousa, disse que o grande desafio do Ministério da Saúde é, num curto prazo, criarem mais de 20 postos de vacinação a nível da província de Luanda que estejam próximo dos cidadãos.

Alda de Sousa espera  pela colaboração das pessoas que trabalham nos postos de atendimento e que os utentes efectuem o pré registo para que o processo seja mais rápido para cobrir a zona das localidades próximo dos mercados da Mabor, Kwanzas, igrejas e armazéns.

O administrador municipal do Cazenga, Tomás Bica, considerou a escolha da escola um de Junho como uma estratégia para o desdobramento no atendimento, devido a sua localização geográfica e com uma população maior, herdadas dos territórios dos municípios de Luanda e Cacuaco.

Fez saber que no Cazenga está em curso uma campanha massiva de divulgação e mobilização dos cidadãos para aderirem a vacina com a fixação de quatro pontos de pré-registo nos mercados Asa Branca, Panga-Panga, Kwanzas e Combustíveis.

De acordo com o administrador, o pré-registo é um dos requisitos para aceder a vacinação e único método para ganhar a imunidade contra a Covid-19.

O primeiro posto de vacinação contra a Covid-19 no Cazenga funciona na escola técnica de saúde do Kalawenda.


 

A expansão do posto de vacinação vai facilitar também a administração da segunda dose aos cidadãos que já tomaram a primeira dose da Pfaizer e Sinopharm.

A coordenadora do Programa Alargado de Vacinação, Alda de Sousa, disse que o grande desafio do Ministério da Saúde é, num curto prazo, criarem mais de 20 postos de vacinação a nível da província de Luanda que estejam próximo dos cidadãos.

Alda de Sousa espera  pela colaboração das pessoas que trabalham nos postos de atendimento e que os utentes efectuem o pré registo para que o processo seja mais rápido para cobrir a zona das localidades próximo dos mercados da Mabor, Kwanzas, igrejas e armazéns.

O administrador municipal do Cazenga, Tomás Bica, considerou a escolha da escola um de Junho como uma estratégia para o desdobramento no atendimento, devido a sua localização geográfica e com uma população maior, herdadas dos territórios dos municípios de Luanda e Cacuaco.

Fez saber que no Cazenga está em curso uma campanha massiva de divulgação e mobilização dos cidadãos para aderirem a vacina com a fixação de quatro pontos de pré-registo nos mercados Asa Branca, Panga-Panga, Kwanzas e Combustíveis.

De acordo com o administrador, o pré-registo é um dos requisitos para aceder a vacinação e único método para ganhar a imunidade contra a Covid-19.

O primeiro posto de vacinação contra a Covid-19 no Cazenga funciona na escola técnica de saúde do Kalawenda.