Rússia testa com sucesso um míssil intercontinental lançado de submarino

Moscovo - A Marinha russa testou com sucesso um míssil intercontinental Bulava (SS-NX-30, de acordo com a classificação da Organização do Tratado do Atlântico Norte), informou hoje (quinta-feira) o Ministério da Defesa da Rússia.

O foguete, capaz de transportar entre seis e 10 ogivas nucleares, foi disparado pelo submarino 'Kniaz Oleg' submerso nas águas do Mar Branco em direcção ao polígono Kurá, na península de Kamchatka, no extremo leste do país, disse o Ministério da Defesa russo em comunicado, publicado pelo site Minuto a Minuto.   


"De acordo com dados de controlo de alvos, as ogivas (de teste) atingiram a área planeada", é referido na nota, acrescentando que o míssil foi lançado na zona onde foram feitos testes no 'Kniaz Oleg', que foi lançado em Julho de 2020.


O submersível com propulsão nuclear pode transportar, além de torpedos, até 16 mísseis Bulava, com alcance de 9.000 quilómetros.

 

O foguete, capaz de transportar entre seis e 10 ogivas nucleares, foi disparado pelo submarino 'Kniaz Oleg' submerso nas águas do Mar Branco em direcção ao polígono Kurá, na península de Kamchatka, no extremo leste do país, disse o Ministério da Defesa russo em comunicado, publicado pelo site Minuto a Minuto.   


"De acordo com dados de controlo de alvos, as ogivas (de teste) atingiram a área planeada", é referido na nota, acrescentando que o míssil foi lançado na zona onde foram feitos testes no 'Kniaz Oleg', que foi lançado em Julho de 2020.


O submersível com propulsão nuclear pode transportar, além de torpedos, até 16 mísseis Bulava, com alcance de 9.000 quilómetros.