Músico “Irmão Sobrinho” lança primeira obra discográfica

Lobito - O músico e compositor Carlos Salussinga Redino, conhecido artisticamente por Irmão Sobrinho, vai lançar o seu primeiro disco no próximo dia 02 de Outubro, no Lobito, província de Benguela, soube hoje, quinta-feira, a Angop.

Em entrevista à Angop, o artista informou que o disco gospel tem como título “Tuakombe”, que em língua nacional umbundu significa "Somos visitas'', e comporta 17 faixas musicais.

Com uma tiragem inicial de mil cópias, a obra foi  gravada numa produtora local, com músicos da praça benguelense, usando  estilos tais como Zouk, Semba, Sungura, Kilapanga e Zulu.

Em relação a mensagem da obra, adiantou que as músicas, algumas delas  interpretadas em lingala, retratam o regresso à espiritualidade, para alertar a sociedade sobre a condição do ser humano, de ser passageiro neste mundo.

“É necessário que cada ser humano comece a preparar o seu caminho para que, quando Jesus Cristo voltar sobre as glórias dos Anjos, seja arrebatado para o pai celestial”, enfatizou o artista.

Carlos José Salussinga  Redino, de 36 anos de idade, é natural  do Lobito e deu início a sua carreira artística em 2003, mas foi em 2007 que ingressou no grupo coral da  Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA), nesta cidade, onde é membro e intensificou os seus trabalhos no ramo da música.

Em entrevista à Angop, o artista informou que o disco gospel tem como título “Tuakombe”, que em língua nacional umbundu significa "Somos visitas'', e comporta 17 faixas musicais.

Com uma tiragem inicial de mil cópias, a obra foi  gravada numa produtora local, com músicos da praça benguelense, usando  estilos tais como Zouk, Semba, Sungura, Kilapanga e Zulu.

Em relação a mensagem da obra, adiantou que as músicas, algumas delas  interpretadas em lingala, retratam o regresso à espiritualidade, para alertar a sociedade sobre a condição do ser humano, de ser passageiro neste mundo.

“É necessário que cada ser humano comece a preparar o seu caminho para que, quando Jesus Cristo voltar sobre as glórias dos Anjos, seja arrebatado para o pai celestial”, enfatizou o artista.

Carlos José Salussinga  Redino, de 36 anos de idade, é natural  do Lobito e deu início a sua carreira artística em 2003, mas foi em 2007 que ingressou no grupo coral da  Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA), nesta cidade, onde é membro e intensificou os seus trabalhos no ramo da música.