Prodesi com 835 projectos aprovados

  • Terminal Multiuso do Porto de Luanda fica mesmo sob gestão da Dubai Port World (DP World)
Luanda - Os 835 projectos aprovados pela banca comercial no âmbito do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI), desde 2019, ascendem a um valor aproximado de Kz 729,4 mil milhões, adiantou hoje, em Luanda, a Secretária de Estado para a Economia, Dalva Allen.

Falando na sua estreia ao habitual Briefing do Ministério da Economia e Planeamento (MEP),  Dalva Allen, sublinhou que os projectos aprovados perspectivam mais de 67 mil postos de trabalho.

Por outro lado, a responsável fez saber que 45 projectos estão em negociação na banca comercial, que terminou a semana sem nenhuma nova aprovação.

Frisou que os 45 projectos estão ligados aos instrumentos financeiros Aviso 10/20 do BNA 34 e PAC 11.

Segundo a responsável, na distribuição sectorial dos projectos aprovados, consta a agricultura com 388, comércio e distribuição 203, indústria transformadora 118, pecuária 45, aquicultura 43, pesca marítima 32 e pesca continental 6.

Dalva Allen diz que, no domínio do acesso ao mercado interno, continua a decorrer o cadastramento dos produtores no Portal da Divulgação da Produção Nacional (PPN), sendo que em termos acumulados, desde a sua operacionalização, o Portal comporta 20.666 produtores nacionais, mais 1387 que na semana passada.

No domínio da realização de feiras, a responsável adianta que das 154 feiras previstas a nível do País, foram realizadas 50 feiras.

Quanto ao Programa de Capacitação às Cooperativas, frisou que no âmbito do projecto de modernização das cooperativas de Angola, o INAPEM lançou a plataforma PROMOVE, com o objectivo de capacitar e modernizar a gestão das cooperativas.

De acordo com a Secretária de Estado, na última semana foram desenvolvidas 73 acções de capacitação, sendo uma Formação direccionada a AGT presencial, que contou com mais 71 formandos, na província do Namibe 23, Zaire 28 e Cuanza Sul 20.

Decorreu igualmente uma formação na plataforma Nosso Saber, com mais 2 formandos na província de Luanda, sendo que desde o início do programa de capacitação em 2021, contou já com 4.671 acções de capacitação.

Falando na sua estreia ao habitual Briefing do Ministério da Economia e Planeamento (MEP),  Dalva Allen, sublinhou que os projectos aprovados perspectivam mais de 67 mil postos de trabalho.

Por outro lado, a responsável fez saber que 45 projectos estão em negociação na banca comercial, que terminou a semana sem nenhuma nova aprovação.

Frisou que os 45 projectos estão ligados aos instrumentos financeiros Aviso 10/20 do BNA 34 e PAC 11.

Segundo a responsável, na distribuição sectorial dos projectos aprovados, consta a agricultura com 388, comércio e distribuição 203, indústria transformadora 118, pecuária 45, aquicultura 43, pesca marítima 32 e pesca continental 6.

Dalva Allen diz que, no domínio do acesso ao mercado interno, continua a decorrer o cadastramento dos produtores no Portal da Divulgação da Produção Nacional (PPN), sendo que em termos acumulados, desde a sua operacionalização, o Portal comporta 20.666 produtores nacionais, mais 1387 que na semana passada.

No domínio da realização de feiras, a responsável adianta que das 154 feiras previstas a nível do País, foram realizadas 50 feiras.

Quanto ao Programa de Capacitação às Cooperativas, frisou que no âmbito do projecto de modernização das cooperativas de Angola, o INAPEM lançou a plataforma PROMOVE, com o objectivo de capacitar e modernizar a gestão das cooperativas.

De acordo com a Secretária de Estado, na última semana foram desenvolvidas 73 acções de capacitação, sendo uma Formação direccionada a AGT presencial, que contou com mais 71 formandos, na província do Namibe 23, Zaire 28 e Cuanza Sul 20.

Decorreu igualmente uma formação na plataforma Nosso Saber, com mais 2 formandos na província de Luanda, sendo que desde o início do programa de capacitação em 2021, contou já com 4.671 acções de capacitação.