Intervenção do PR na abertura da XIII Conferência da CPLP

  • Presidente da República, João Lourenço, na XIII Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP
Luanda - Intervenção do Presidente da República, João Lourenço, na cerimónia de abertura da XIII Conferência dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que se realiza, hoje, sábado, em Luanda.

- Suas Excelências Chefes de Estado e de Governo

- Ilustres Chefes de Delegação

- Distintos Convidados

- Minhas Senhoras, Meus Senhores

Tenho o privilégio e a subida honra de saudar a presença, em Luanda, de Vossas Excelências, para abordarmos importantes assuntos da nossa agenda e definirmos o rumo a seguir pela nossa organização nos próximos dois anos.

Agradeço vivamente a presença de todos, pois estou consciente de como é incômodo, hoje em dia, superar as dificuldades e constrangimentos de viagem a que a pandemia da Covid-19 nos obriga.

No meu próprio nome, em nome do Executivo que dirijo, em nome do povo angolano, desejo a todos as boas-vindas a Angola e espero que possam desfrutar da hospitalidade, da amizade e solidariedade do povo angolano, para com os povos dos países da nossa comunidade lusófona. 

O simples facto de estarmos hoje reunidos presencialmente, no actual contexto sanitário mundial, é revelador da importância que todos atribuímos à nossa Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa, que vem demonstrando uma crescente vitalidade, como plataforma multilateral de concertação de ideias e de coordenação de acções, a favor da realização dos nobres objectivos comuns.

Reitero os meus sinceros votos de boas-vindas a Angola e permitam-me que passe a palavra a Sua Excelência Jorge Fonseca, Presidente da República de Cabo Verde e Presidente em exercício da CPLP.

Muito Obrigado!

- Suas Excelências Chefes de Estado e de Governo

- Ilustres Chefes de Delegação

- Distintos Convidados

- Minhas Senhoras, Meus Senhores

Tenho o privilégio e a subida honra de saudar a presença, em Luanda, de Vossas Excelências, para abordarmos importantes assuntos da nossa agenda e definirmos o rumo a seguir pela nossa organização nos próximos dois anos.

Agradeço vivamente a presença de todos, pois estou consciente de como é incômodo, hoje em dia, superar as dificuldades e constrangimentos de viagem a que a pandemia da Covid-19 nos obriga.

No meu próprio nome, em nome do Executivo que dirijo, em nome do povo angolano, desejo a todos as boas-vindas a Angola e espero que possam desfrutar da hospitalidade, da amizade e solidariedade do povo angolano, para com os povos dos países da nossa comunidade lusófona. 

O simples facto de estarmos hoje reunidos presencialmente, no actual contexto sanitário mundial, é revelador da importância que todos atribuímos à nossa Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa, que vem demonstrando uma crescente vitalidade, como plataforma multilateral de concertação de ideias e de coordenação de acções, a favor da realização dos nobres objectivos comuns.

Reitero os meus sinceros votos de boas-vindas a Angola e permitam-me que passe a palavra a Sua Excelência Jorge Fonseca, Presidente da República de Cabo Verde e Presidente em exercício da CPLP.

Muito Obrigado!