Jogos Olímpicos: Quénia melhor medalhista entre africanos

Luanda – O Quénia é o país melhor classificado no quadro geral de medalhas dos Jogos Olímpicos terminados este domingo, em Tóquio (Japão), com um total de dez, sendo quatro de ouro, igual número de prata e duas de bronze, numa lista de 203 nações concorrentes.

No cômputo geral, o Quénia ocupou o 19º posto, num quadro liderado pelos Estados Unidos da América com 39 medalhas de ouro, 41 de prata e 33 de bronze (total 1013), seguido pela China (38, 32 e 18 – total 66) e do anfitrião Japão (27, 14, 17 – total 58).

O Uganda é o segundo melhor colocado entre os concorrentes do continente africano (36º posicionado no geral) com duas de ouro, uma de prata e outra de bronze, seguido da África do Sul em terceiro e em 52º no geral (1, 2, 0 - total 3).

Em 4º vem o Egipto (54º no geral com 1,1 e 4), Etiópia, em 5º lugar (56º no geral com 1,1 e 2) e Marrocos em 6º (63º no geral com 1, 0, 0).

O Brasil foi o melhor entre os Estados de língua oficial portuguesa. Ficou no 12º posto com (7, 6 e 8). Portugal vem em 56º (com 1,1 e 2).

ANGOLA, que participou pela 10 ª vez com as modalidades de andebol feminino, atletismo, natação, judo e vela não obteve qualquer medalha.

A delegação nacional chega ao país às 14 horas de segunda-feira.

No cômputo geral, o Quénia ocupou o 19º posto, num quadro liderado pelos Estados Unidos da América com 39 medalhas de ouro, 41 de prata e 33 de bronze (total 1013), seguido pela China (38, 32 e 18 – total 66) e do anfitrião Japão (27, 14, 17 – total 58).

O Uganda é o segundo melhor colocado entre os concorrentes do continente africano (36º posicionado no geral) com duas de ouro, uma de prata e outra de bronze, seguido da África do Sul em terceiro e em 52º no geral (1, 2, 0 - total 3).

Em 4º vem o Egipto (54º no geral com 1,1 e 4), Etiópia, em 5º lugar (56º no geral com 1,1 e 2) e Marrocos em 6º (63º no geral com 1, 0, 0).

O Brasil foi o melhor entre os Estados de língua oficial portuguesa. Ficou no 12º posto com (7, 6 e 8). Portugal vem em 56º (com 1,1 e 2).

ANGOLA, que participou pela 10 ª vez com as modalidades de andebol feminino, atletismo, natação, judo e vela não obteve qualquer medalha.

A delegação nacional chega ao país às 14 horas de segunda-feira.