Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

24 Janeiro de 2012 | 14h45 - Actualizado em 24 Janeiro de 2012 | 14h44

Ministro do Turismo empossa directores dos pólos de desenvolvimento turístico

Empossamento

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda - O ministro da Hotelaria e Turismo, Pedro Mutindi, conferiu hoje (terça-feira), em Luanda, posse aos directores e seus adjuntos dos pólos de desenvolvimento turístico de Calandula, Okavango e Cabo Ledo, nomeados com base num decreto presidencial.

Para o Pólo de Calandula, foi empossada ao cargo de directora-geral, Kátia Emanuela Rodrigues Lopes, enquanto para adjuntas tomaram posse Lucrécia da Silva Mangueira Júnior e Maria da Conceição Gonçalves Gomes.

Relativamente ao pólo de Desenvolvimento do Okavando, foi empossado para o cargo de director-geral Amaro Francisco, enquanto a pasta de adjuntos coube a Norberto Bibi Cabenguela e Manuel José Neto.

Com base no mesmo despacho, para o Pólo de Cabo Ledo, o ministro conferiu posse à Odeth Fernandes Ipanga ao cargo de directora-geral, enquanto João Paulo Pedro foi empossado como adjunto.

Na ocasião, o ministro da Hotelaria e Turismo, Pedro Mutindi, salientou que a fase seguinte à esta cerimónia será a da operacionalização dos planos e programas que vão conformar a execução de acções afins, que visam capitalizar e potenciar os pólos criados.

“Por isso, a nível interno, e no quadro da tutela e da superintendência destas acções vamos conformar as bases de orientação, de modo a estarmos todos na mesma cadência, para que possamos alcançar bons resultados, sem sobressaltos”, considerou.

Esclareceu que a missão principal dos planos directores dos pólos de desenvolvimento turístico se consubstancia numa melhor articulação de ideias e na concretização das metas e objectivos traçados superiormente no domínio dos respectivos pólos. 

Os gestores dos pólos de desenvolvimento turísticos do país foram nomeados com base no Decreto Presidencial nº 183/10 de 25 de Agosto.