Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Julho de 2009 | 10h53 - Atualizado em 13 Julho de 2009 | 10h50

Perda de valores morais na sociedade deve-se a pouca educação de famílias- Luís Nguimbe

Ausência

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda – A ausência dos valores morais que a sociedade angolana tem vindo a registar em grande escala deve-se sobretudo a pouca educação que certas pessoas recebem no seio das famílias, disse hoje, em Luanda, o representante do Conselho de Igrejas Cristãs em Angola, Luís Nguimbe.


Em entrevista à Angop, a propósito do tema perda de valores morais, o representante das Igrejas Cristãs no país apelou à sociedade, no sentido de descartar o factor guerra como a principal causa da fuga dos valores morais, que como consequência tem originado situações de desrespeito cada vez mais hediondas. 


Segundo o líder religioso, não há nenhum campo onde se preparam as pessoas para os valores morais se não no seio da família.


Por outro lado, Luís Nguimbe referiu que dada a explosão das parabólicas, os jovens assistem novelas que apenas contribuem para o fenómeno em questão.


"Temos que atíngir a mente humana e saber que forças malfeitoras mais actuam no seu interior", enfatizou.


Por outro lado, avançou que a cadeira de Educação Moral e Cívica, no curriculum escolar, deve ser leccionada por pessoas religiosas, por serem as mais dotatas na matéria, salientando que "uma coisa é falar de moral e outra é viver a moral".


De acordo com o reverendo Luís Nguimbe, o maior aliado do Governo para o resgate dos valores morais deve ser a igreja em parceria com o Ministério da Educação e a Comunicação Social.


"É possível e podemos contornar a situação desde que se envolva a igreja", frisou.

 
Dentre as atitudes negativas que constituem perca de valores são apontadas a prostituição, a delinquência, poligamia e poliandria, nos transportes públicos quando não se cede lugares às mulheres grávidas, deficientes físicos e anciãos e ainda o pronunciamento de palavras obcenas diante de menores. 

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 24/08/2013 09:51:26

    Oitavo acampamento da OPA constitui destaque do noticiário social

    O oitavo acampamento reservou visitas guiadas a diversas infra-estruturas socioeconómicas da província. No final, os participantes reconheceram, em nota documental, que o projecto é benéfico para a exaltação do espírito patriótico. Além de representantes das 18 províncias de Angola, o encontro ...

  • 22/08/2013 22:13:43

    Órgãos de Comunicação Social requalificam programação

    Segundo o responsável, que falava durante o fórum de auscultação aos jovens religiosos, apesar destes canais públicos já apresentarem muitas melhorias na sua grelha de programação, abordando temas candentes à problemática juvenil e social, decorrem esforços para se melhorar ainda mais a ...

  • 22/08/2013 22:08:11

    Piores formas de trabalho infantil registam-se nas fronteiras

    Maria Luísa da Silva teceu tal informação ao falar à Angop a propósito do tema “Trabalho Infantil e suas Consequências”, no qual avançou que os adultos, que fogem ao fisco nessas zonas, procuram mão-de-obra barata, logo têm nos menores o seu alvo. Outro ponto indicado pela sindicalista são ...

  • 22/08/2013 21:58:29

    Ministra da Cultura ausculta preocupações dos jovens religiosos

    Segundo a governante, que falava durante o acto de abertura de mais uma reunião de auscultação aos jovens, promovido pelo Executivo central, que decorre sob o lema”Dialogar para Desenvolver”, os jovens religiosos são, igualmente, um grande parceirosocial no que tange a implementação e divulgação ...