Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

05 Fevereiro de 2009 | 13h38 - Atualizado em 05 Fevereiro de 2009 | 13h34

Inaugurada Caixa de Segurança Social das FAA

Benguela

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela - A delegação provincial da Caixa de Segurança Social das Forças Armadas Angolanas foi inaugurada quarta-feira, na cidade de Benguela, pelo ministro da Defesa, Kundy Paihama, no quadro das festividades alusivas ao 48º aniversário do início da Luta Armada de Libertação Nacional.


Orçada em quatro milhões de dólares, a instituição possui dois pisos, que comportam duas repartições, sendo uma de segurança social e outra de  administração e finanças, uma sala de fiscalização e controle, contabilidade, processamento de dados, tesouraria, identificação de registo de remunerações, entre outros compartimentos que possibilitarão o seu normal funcionamento.


Na ocasião, Kundy Paihama disse que a construção do edifício enquadra-se nos esforços que o ministério da Defesa realiza na implantação de delegações da caixa social das FAA em todas as províncias do país, para facilitar a resolução dos problemas dos antigos combatentes, ex-militares e seus respectivos familiares, tanto no activo como na reserva.


Por outro lado, o governador de Benguela, Armando da Cruz Neto, felicitou a direcção do Ministério da Defesa Nacional e da Caixa de Segurança Social das FAA, pelo trabalho que têm vindo a desenvolver na protecção, promoção e dignificação da carreira militar.


Armando da Cruz Neto salientou que, o governo da província está convicto de que os beneficiários da delegação da Caixa Social saberão aproveitar as inúmeras oportunidades que a instituição lhes oferece no plano social, para ajudar a minimizar as dificuldades com que se debatem.


No entanto, o general de exercito na reforma, João Luís Neto "Xiyetu", director da caixa de segurança social das FAA, afirmou que a instituição é de utilidade publica, encarregue da protecção social dos militares e trabalha arduamente na implantação de delegações provinciais em todo o território, no sentido de aproximar os seus serviços a todos os seus beneficiários.


João Luís Neto acrescentou que, com objectivo de rentabilizar as contribuições dos militares e de contribuir para o desenvolvimento sócio económico do país, a instituição tem estado a dar passos significativos na organização e funcionamento, controle dos beneficiários, receitas, despesas e investimentos, consubstanciado no pagamento das prestações, como a pensão de reforma e de sobrevivência.


A caixa de segurança social das FAA está implantada em seis províncias do país, nomeadamente, Luanda, Namibe, Huila, Bié, Moxico, Cabinda e Benguela e possui no total 285 funcionários, entre militares e civis.


Estiveram presente ao acto de inauguração, que decorreu no bairro da Goa, zona B, o primeiro secretario provincial do MPLA, Geremias Ndumbo, o Bispo da diocese local, Dom Eugénio Del Corso, entidades governamentais, religiosas, magistrados, militares e civis,  membros da direcção da FAA e policia nacional, representantes de partidos políticos sedeados na região, autoridades tradicionais, empresários, entre outros.