Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

30 Janeiro de 2014 | 19h30 - Actualizado em 30 Janeiro de 2014 | 19h30

Hoje é Dia Internacional da Não-Violência

Luanda - O 30 de Janeiro foi proclamado pela ONU como o dia da não-violência em homenagem a Mohandas K. Gandhi cujo assassinato ocorreu nessa data, em 1948, na Índia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Trata-se de uma iniciativa voltada à educação para a paz, a solidariedade e o respeito pelos direitos humanos.

Gandhi, também chamado Mahatma (que significa "grande alma", "alma iluminada"), nasceu na Índia, em 1869.

Mahatma Gandhi foi um dos maiores líderes pacifistas da história, levando multidões a conhecer e a praticar o significado da não-violência, na sua luta pela independência da Índia. Certa vez, o líder indiano comentou: “Posso até estar disposto a morrer por uma causa, mas nunca a matar por ela!”.

Quando, em certos momentos, a violência começou a se manifestar entre os indianos, Gandhi praticou o jejum, por duas vezes, colocando em risco a sua própria vida, com o objectivo de sensibilizar seus seguidores a não fazer uso da violência.

Gandhi, após estudar direito na Inglaterra, foi trabalhar na África do Sul como advogado. Lá começaram as suas primeiras acções de protesto não-violento contra o racismo, baseadas na resistência pacífica e na não cooperação com as autoridades.

Ao fim de anos de luta, e depois de ter conseguido algumas melhorias para a comunidade indiana na África do Sul, decidiu voltar ao seu país de origem - a Índia - e lutar pela sua independência. O país era uma colónia do Império Britânico. Graças a seus esforços, a Índia conquistou a independência em 1947.

Os procedimentos e as formas de luta que Ghandi propôs e utilizou eram manifestações pacíficas, diálogos, testemunhos, petições, marchas, jejuns, greves de fome, orações e cooperação com os mais oprimidos.

Gandhi teve grande influência entre as comunidades religiosas hindus e muçulmanas da Índia.

Apesar de ter sido indicado cinco vezes entre 1937 e 1948, o pacifista que enfrentou o poder da Inglaterra nunca recebeu o prémio Nobel da Paz. Décadas depois, no entanto, o erro foi reconhecido pelo comité organizador do prémio.

Entretanto, trabalhar pela cultura da Não-Violência nas escolas é objectivo fundamental da ONU visando que as crianças e adolescentes possam aprender a valorizar princípios como o respeito, a tolerância, o diálogo e a solidariedade.  Pois, a cultura da Paz se faz nas pequenas acções do dia a dia.

Fazer desta causa e ideal uma referência nas sociedades através de pequenas acções individuais mais pacíficas. Lembrando que ser pacífico não é ser passivo, é agir de forma coerente e firme, norteados pelos  ideais de rejeitar qualquer forma de violência.

Assuntos Efeméride  

Leia também
  • 23/05/2014 10:33:09

    Continente africano celebra 51º aniversário

    Luanda - O Continente africano celebra domingo, 25 de Maio, 51 anos da criação, em Addis Abeba (Etiópia), da Organização de Unidade Africana (OUA), em carta assinada por 32 estados de África já independentes na altura.

  • 22/05/2014 10:15:43

    Assinala-se hoje o Dia Internacional da Biodiversidade

    Luanda - Assinala-se hoje, 22 de Maio, o Dia Internacional da Biodiversidade ou da Diversidade Biológica, instituído pela Assembleia-Geral das Nações Unidas, a 20 de Dezembro de 2006.

  • 21/05/2014 10:46:49

    Assinala-se hoje o Dia Mundial da Diversidade Cultural

    Luanda - Assinala-se hoje, 21 de Maio, o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento, proclamado pela Assembleia-geral da ONU, para assinalar a data da aprovação, em 2001, da Declaração Universal da UNESCO sobre a Diversidade Cultural.

  • 17/05/2014 20:30:31

    Celebra-se hoje o Dia Mundial das Telecomunicações

    Luanda - Celebra-se hoje, 17 de Maio, o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação, instituído pela União Internacional de Telecomunicações (UIT).