Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

24 Agosto de 2012 | 19h46 - Actualizado em 24 Agosto de 2012 | 19h46

Inaugurada via que liga Coporolo a Quilengues

Benguela

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela - Depois de cinco anos, o troço que liga o Rio Coporolo, província de Benguela, ao município de Quilengues, província da Huila, com 84 quilómetros de extensão, foi aberto ao trânsito nessa quinta-feira, em cerimónia presidida pelo ministro do Urbanismo e Construção, Fernando Fonseca.

Adjudicada em Agosto de 2007 à empresa Camargo Corrêa Angola, a via está integrada no programa de reconstrução da Estrada Nacional nº 105, entre o Rio Coporolo e Quilengues, que interligam as províncias de Benguela e da Huila.

Este troço inicia-se junto ao Rio Coporolo, no limite urbano do município de Chongoroi, e dirige-se rumo à vila de Quilengues, sendo um eixo fundamental que liga o Norte ao Sul do país, além de facilitar a entrada de mercadoria proveniente da

Namíbia e África do Sul.

Na obra, inaugurada pelo ministro do Urbanismo e Construção, foram realizadas a terraplenagem e estruturação do leito da via, execução de camadas de drenagem de águas pluviais, revestimento asfáltico em duas faixas de rodagem com quatro metros cada, sinalização e acostamento de 1.5 metros em toda a extensão do troço.

Segundo o chefe de departamento provincial do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) em Benguela, Henrique Vitorino, os automobilistas que circularem por essa estrada já podem usufruir da nova via, que vai tornar o trânsito mais fluido, confortável e seguro.

O responsável ressaltou a importância da conclusão da obra e sobre o compromisso cumprido pelo Executivo Angolano em melhorar as condições de mobilidade no troço.

Deu a conhecer que o perfil longitudinal de 84 quilómetros e a plataforma de aproximadamente 11 metros, concebidas nessa via, permitem absorver a demanda do tráfego, que geralmente se regista na Estrada Nacional 105.

De acordo com Henrique Vitorino, a obra também inclui execução de passagens hidráulicas, recuperação de obras de arte e sinalização, quer horizontal, quer vertical.

Pediu aos automobilistas que cuidem da via, uma vez que proporcionará aos habitantes de Cutembo os benefícios de que precisam para esquecer o sofrimento.

A inauguração do troço, precedido de uma bênção, foi testemunhada pelo vice-governador provincial de Benguela para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, António Henrique Calengue, o coordenador da comissão de gestão do Instituto Nacional de Estradas de Angola, Morales de Abril, o administrador municipal de Quilengues, Armando Vieira, e autoridades tradicionais.

Leia também
  • 25/05/2014 13:08:42

    Censo2014: Processo decorre a um ritmo acelerado na Ganda

    Ganda - O recenseamento geral da população e habitação 2014, no município da Ganda (Benguela), nove dias após o seu inicio, decorre com o desdobramento dos agentes de campo por todos os recantos - afirmou hoje (domingo), o administrador municipal, António Kapewa Kalianguila.

  • 25/05/2014 10:39:52

    Censo2014: Concluído Recenseamento em 12 localidades do Balombo

    Balombo -O Recenseamento da População e Habitação 2014, está concluído em 12 localidades das comunas do Maka-Mombolo, Chindumbo e na sede municipal do Balombo, a nordeste da cidade de Benguela, desde sexta-feira última.

  • 24/05/2014 13:05:12

    Benguela: Recomendado aumento de assegurados e contribuintes da segurança social

    Benguela - A necessidade do aumento de assegurados e contribuintes, para melhor controlo de arrecadação de receitas, foi recomendado pelos participantes do primeiro encontro nacional de quadros do Instituto Nacional de Segurança Social, que decorreu de 22 a 23 deste mes na província de Benguela.

  • 24/05/2014 09:46:08

    Benguela: Historiador apela combate a conflitos étnicos

    Benguela - O historiador angolano Tomé Suende considerou nessa sexta-feira, na província de Benguela, importante que os povos africanos pensem profundamente em acabar os conflitos étnicos, religiosose fronteiriços que ainda assolam a África.