Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

26 Junho de 2012 | 12h44 - Actualizado em 03 Julho de 2012 | 15h09

Comemora-se hoje o Dia Internacional de Luta Contra a Droga

Efeméride

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

ONU reconhece que o abuso e tráfico de drogas constituem um obstáculo ao desenvolvimento humano

Foto: Angop

Luanda - O Mundo comemora hoje, 26 de Junho, o Dia Internacional de Luta Contra o Uso Indevido e o Tráfico de Drogas, instituído pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), com vista a ajudar e sensibilizar as pessoas a tomarem consciência dos efeitos nocivos do consumo destes produtos.

Grande parte da juventude de hoje, a cada dia, encontra-se ameaçada pelo uso indevido e tráfico ilícito de drogas, causada pelo engano daqueles que, sem se importarem com o dano que causa às pessoas, se enriquecem à custa de suas vidas.

Contudo, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, reconhece que o abuso e tráfico de drogas constituem um importante obstáculo ao desenvolvimento humano.

Por esse motivo, o secretário-geral da ONU exorta os estados a tornarem-se partes na Convenção das Nações Unidas contra a Criminalidade Organizada Transnacional.

Apela também aos estados para que, como partes da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, honrem os seus compromissos de reforçar a integridade e reduzir a corrupção que favorece o tráfico de drogas.

No mundo, segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), 200 milhões de pessoas consomem drogas ilícitas, representando 4,7% dos habitantes do planeta com mais de 14 anos.

Estes números, por si só, segundo a OMS, são suficientemente alarmantes, mas os efeitos do uso de drogas vão muito além dos indivíduos envolvidos e causam danos incalculáveis à sociedade, em termos de saúde, sociais e económicos, inclusive na propagação do VIH/Sida.

Em Angola, principalmente em Luanda, fortes indícios indicam que o número de consumidores de drogas tem aumentado nos últimos anos, tendo como locais predilectos as discotecas, segundo fontes da Polícia Nacional.

Segundo a fonte da Polícia Nacional, a corporação apreendeu, de Janeiro a Maio de 2010, em posse de 22 passageiros, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, 40 toneladas de cocaína, provenientes da República do Brasil.

 Acrescentou, por outro lado, que a detenção dos supostos traficantes resulta do intercâmbio entre a INTERPOL (Organização de Polícia Criminal Internacional) de Angola e do Brasil.