Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Novembro de 2012 | 15h31 - Atualizado em 11 Novembro de 2012 | 16h24

País pode entrar no Guinness World Records

Divulgação

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda - Angola poderá entrar no Guiness World Records, com a feitura de um mosaico com moedas a ilustrar a Bandeira Nacional, iniciada na manhã de hoje, em Luanda, informou a porta-voz do evento, Patrícia Pacheco.

O projecto, promovido pela Semba Comunicação, visa usar 61 mil moedas, fazendo com que o nome do país e a moeda nacional (Kwanza) sejam divulgados no livro de recordes mundiais.

Iniciado às 11 horas, acrescentou, tem o término previsto para as 22 horas, o que deverá ser confirmado por técnicos da Deloitte/Angola, que decidirão se foram cumpridos todos os pressupostos.

Segundo a interlocutora da Angop, a regra diz que a partir do momento em que se coloca a primeira moeda não se pode parar, caso contrário o trabalho será desclassificado.

A decorrer no Belas Shoping, a actividade conta com a presença de estudantes universitários, figuras públicas, bem como a sociedade em geral, interessada em ajudar a alcançar o record. Até ao momento (às 15 horas, tempo de Angola) já foram colocadas 27 mil moedas.

O evento tem o apoio dos bancos Nacional de Angola, PC e Bai.

O Guinenss Book é um livro, conhecido a nível mundial, em que constam países e individualidades que realizam feitos de grande relevo ou fora do comum, sendo essa uma maneira de divulgar a informação.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 22/08/2013 22:13:43

    Órgãos de Comunicação Social requalificam programação

    Segundo o responsável, que falava durante o fórum de auscultação aos jovens religiosos, apesar destes canais públicos já apresentarem muitas melhorias na sua grelha de programação, abordando temas candentes à problemática juvenil e social, decorrem esforços para se melhorar ainda mais a ...

  • 22/08/2013 22:08:11

    Piores formas de trabalho infantil registam-se nas fronteiras

    Maria Luísa da Silva teceu tal informação ao falar à Angop a propósito do tema “Trabalho Infantil e suas Consequências”, no qual avançou que os adultos, que fogem ao fisco nessas zonas, procuram mão-de-obra barata, logo têm nos menores o seu alvo. Outro ponto indicado pela sindicalista são ...

  • 22/08/2013 21:58:29

    Ministra da Cultura ausculta preocupações dos jovens religiosos

    Segundo a governante, que falava durante o acto de abertura de mais uma reunião de auscultação aos jovens, promovido pelo Executivo central, que decorre sob o lema”Dialogar para Desenvolver”, os jovens religiosos são, igualmente, um grande parceirosocial no que tange a implementação e divulgação ...

  • 22/08/2013 21:04:33

    Igreja considera imprescindível envolvimento das famílias no combate à criminalidade

    Em declarações à Angop, à margem do I Congresso dos Adolescentes da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal, que decorre desde o dia 21 até 25 deste mês, no município do Cazenga, na capital do país, o responsável disse ser importante que haja mais envolvimento das famílias, enquanto núcleo da ...