Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

19 Outubro de 2011 | 23h49 - Atualizado em 19 Outubro de 2011 | 23h49

Lançado projecto de água e melhoramento de saneamento básico

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Caála – Um projecto de água, saneamento e higiene para beneficiar vinte mil famílias das comunidades rurais dos municípios da Caála, Longonjo e Ekunha, província do Huambo, foi lançado hoje, quarta-feira, numa cerimónia presidida pelo vice-governador para esfera económica, Deolindo Henrique Barbosa.

A cerimónia do lançamento decorreu no Centro de Formação e Exposição Genética (Cefogexpo) localizado na comuna da Calenga, município da Caála, a 33 quilómetros a oeste da cidade do Huambo.

Na ocasião, o vice-governador Deolindo Barbosa solicitou o envolvimento directos das autoridades tradicionais, religiosas, agentes comunitários, a sociedade civil e das Organizações Não-Governamentais que operam nesta região para se atingir os objectivos definidos neste projecto de água, saneamento e higiene.

O projecto, promovido pelo governo provincial do Huambo, com uma duração de 48 meses, será extensivo nos municípios da Caála, Ekunha e Longonjo, onde foram identificadas 250 comunidades rurais.

Com este projecto, pretende-se reduzir com a estratégia nacional do governo “Água para Todos” a morbidez e a mortalidade associada às doenças transportadas por água e contribuir para a consecução dos objectivos de desenvolvimento do milénio da Organização das Nações Unidas (ONU).

Contempla a adopção de tecnologias sustentáveis, estimulação de alterações de comportamentos positivos e o aumento da capacidade local para a gestão de água, saneamento e higiene para se combater as doenças de origem hídricas.

Para a consistência deste projecto, serão capacitados 450 líderes comunitários, parteiras tradicionais, professores, jovens activistas e trabalhadores da saúde das comunidades rurais identificadas.

De igual modo, prevê a formação de 50 funcionários das administrações dos municípios seleccionados para a sustentação do projecto de água, saneamento e higiene.

Este projecto, tem definido a instalação de 20 poços de demonstração, reabilitação de 1000 poços existentes e a instalação de 1000 bombas manuais PVC nos municípios da Caála, Ekunha e Longonjo.

Estas bombas manuais do tipo PVC poderão produzir 900 litros de água potável segura por hora a 200 metros da residência do agregado familiar.

O gestor do projecto, Fernando Gonzales, disse que está previsto neste pacote a formação de artesões locais para o fabrico de bombas PVC para garantir a sustentação do programa de água, saneamento e higiene, que começou oficialmente na comuna da Calenga.

A instalação destes poços e bombas manuais PVC são de baixo custo, cujo orçamento estipulado varia de dois mil a dois mil e 500 dólares para a sua execução nas comunidades seleccionadas.

O programa, financiado pela União Europeia, é implementado pela organização não-governamental Visão Mundial, Associação de Desenvolvimento e Enquadramento Social de Populações Vulneráveis (ADESPOV) e a Direcção Provincial de Energia e Agua do

Huambo.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 26/08/2013 18:22:08

    Igreja Metodista realiza semana de reflexão leiga

    Numa nota distribuída à Angop, lê-se que ao longo da semana serão discutidos temas que ajudarão os leigos a estar mais comprometidos com a sã doutrina para a salvação. A actualidade da santa ceia para os cristãos, actualidade do baptismo para a igreja, o verdadeiro dia de adoração a ...

  • 26/08/2013 18:19:17

    Vinte nove casos de violência doméstica nos primeiros 22 dias de Agosto

    Em declarações à ANGOP , Ermelinda Paula disse que esta cifra ultrapassa largamente o número do mês anterior e caracteriza-se pela fuga à paternidade, ofensas morais, privações de bens, abandono de lares e agressões físicas. A chefe da secção da Família e da Promoção da Mulher neste ...

  • 26/08/2013 18:07:50

    Casa dos rapazes realiza gala para saudar os seus 58 anos de existência

    A Casa dos Rapazes assinalou no dia 15 de Agosto os seus 58 anos de existência. Segundo o director da Casa dos Rapazes, padre Marcelino Pungulimue, o acto, animado pelos músicos locais Tio Hossi e André Kalupesi Tchilulu, serviu também para apresentar os presentes as dificuldades que ...

  • 26/08/2013 13:27:32

    Violência doméstica está a aumentar no município da Caála

    O facto foi dado a conhecer hoje à Angop pela responsável municipal da família e da promoção da mulher, Ermelinda Nazaré Paula, tendo informado que durante os primeiros 22 dias deste mês foram registados 29 casos de violência doméstica, cifra muito acima da registada no mês anterior. ...