Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

02 Outubro de 2011 | 12h43 - Atualizado em 02 Outubro de 2011 | 16h41

Governo emprega mais de 200 milhões de kwanzas na construção do aterro sanitário

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Governador do Huambo, Faustino Muteka

Foto: Angop

Huambo – Mais de duzentos milhões de kwanzas serão empregues este ano, pelo Governo da Província do Huambo, na construção da primeira fase do aterro sanitário, inserido do projecto de saneamento básico e reaproveitamento de resíduos sólidos.

Em declarações à Angop, o director do gabinete de estudos e  planeamento do Governo da Província do Huambo, Victor Tchissingui, revelou que as obras de construção do aterro sanitário iniciam no dia 05 do corrente mês, projecto a ser implementado numa área de 100 hectares na localidade de Categuenha, arredores desta urbe.

De acordo com o responsável, os acordos finais do projecto serão assinados, nesta segunda-feira, entre o Governo e a empresa vencedora do concurso público, não citada, que vai igualmente construir no local infra-estruturas e outros serviços de tratamento de resíduos sólidos.

O director realçou que a construção no local de uma incineradora para o tratamento dos resíduos sólidos produzidos em unidades sanitárias e outros serviços iniciam em Janeiro de 2012, numa acção do governo da província, que visa tornar a região na capital ecológica do país.

Actualmente, na cidade do Huambo e arredores, as operadoras recolhem mais de 300 metros cúbicos de lixo.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 07/09/2013 19:17:19

    Realização no Huambo do seminário nacional sobre cobrança de água é destaque da semana

    Participaram no seminário técnicos da direcção nacional de abastecimento de água e saneamento, directores provinciais do sector de Energia e Águas, especialistas das empresas de água de Luanda, Benguela e Lobito, representantes de consumidores, organizações não-governamentais e dadores ...

  • 06/09/2013 22:12:35

    Encerrado seminário nacional sobre cobrança de água

    No evento foram debatidos o enquadramento da problemática das cobranças de água, medicação, facturação e cobrança: diagnóstico metodológico, perspectivas e reflexão sobre a necessidade da formação de recursos humanos no domínio dos serviços de cobrança de água. O seminário teve como ...

  • 06/09/2013 22:07:12

    IFAL encerra no município da Caála formação sobre liderança e gestão de equipa

    Participaram da mesma os administradores comunais da Calenga, Cuima e Catata, incluindo os seus adjuntos, chefes das repartições e secções do município, com vista a elevarem as suas capacidades para melhor servirem o público. Ao encerrar o evento, o administrador adjunto do município da ...

  • 06/09/2013 05:23:18

    União Europeia apoia o sector das águas e saneamento em Angola

    Discursando no seminário nacional sobre “cobrança de consumo de água no meio urbano e peri-urbano, situação actual e perspectivas para o futuro”, aberto esta quinta-feira no Huambo, a delegada da embaixada da EU em Angola, Maria José Baptista, informou que o projecto de apoio institucional de ...