Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

29 Abril de 2011 | 17h21 - Actualizado em 29 Abril de 2011 | 17h21

Vida e obra de Papa João Paulo II será tema de palestra

Palestra

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

  

Luanda – A Vida e Obra do Papa João Paulo II será o tema de uma palestra, extra-escolar, a ser realizada sábado (dia 30) pelos estudantes do Instituto Superior João Paulo II (ISUP-JP-II), no âmbito da sua beatificação, a um de Maio.

Segundo apurou a Angop, a palestra será orientada pelo frei Mário Rui, responsável do Centro Cultural Mosaiko, e da comunidade católica dos dominicanos em Luanda.

Para além da palestra, haverá igualmente momentos de apresentação de testemunhos, declamação de poesia e de teatro e actividades desportivas, terminando com um momento de recreação entre docentes e discentes.

O Instituto Superior João Paulo II foi criado pela Conferência Episcopal de Angola e São Tomé e Príncipe (CEAST) sob orientação directa do finado sacerdote católico frei João Domingos, que propôs o nome de João Paulo II à instituição na base da sua linha de orientação evangélica que é “fé e razão”.

Para assistir a beatificação seguiram viagem para o Vaticano um grupo de mais de trinta fieis católicos, assim como os bispos Dom Filomeno Vieira Lopes e Óscar Lino Braga, para representar a CEAST.

O Papa João Paulo II, de nome próprio Karol Józef Wojtyła , nasceu a 18 de Maio de 1920, e foi Sumo Pontífice da Igreja Católica Apostólica Romana, soberano da Cidade do Vaticano, de 16 de Outubro de 1978 até a sua morte, a 2 de Abril de 2005, aos 84 anos de idade.

João Paulo II, aclamado como um dos líderes mais influentes do século XX, é enaltecido pelo seu empenho na melhoria das relações da Igreja Católica com o Judaísmo, Islão, Igreja Ortodoxa e a Comunhão Anglicana.

Assuntos Angola  

Leia também