Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Setembro de 2010 | 11h17 - Actualizado em 10 Setembro de 2010 | 12h10

Comemora-se hoje o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio

Efeméride

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Pelo menos um milhão de pessoas se suicida anualmnte no Mundo, segundo a OMS

Foto: Angop

Luanda – Comemora-se hoje, 10 de Setembro, o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, por iniciativa da Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio, em parceria com a Organização Mundial de Saúde.

A celebração da data tem como objectivo alertar a sociedade sobre o problema que representa a maior causa de morte prematura evitável e pedir aos governos que desenvolvam estratégias de prevenção a nível nacional.

Segundo dados da OMS, cerca de um milhão de pessoas se suicida a cada ano no mundo, ou uma a cada 40 segundos, uma realidade que poderia ser parcialmente evitada caso se acabasse com o preconceito que rodeia esta acção.

 Por ocasião do dia, a Organização Mundial da Saúde, que trabalha conjuntamente com Governos e outros parceiros como a Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio, solicita para que se unam todas as forças, visando promover a compreensão do que significa o suicídio e permitir a sua prevenção.

"Apesar de haver muitos tabus e estigmas em tudo o que rodeia o suicídio e que impedem discutir sobre isso, cada vez há mais consciência de que se trata de um grave problema de saúde pública", segundo uma fonte da OMS.

No mundo todo, as taxas de suicídio subiram 60% nos últimos 50 anos e esse aumento foi especialmente significativo nos países em desenvolvimento.

A maioria dos suicídios no mundo ocorre na Ásia, que reúnem até 60% do total.

A China, Índia e Japão, devido às suas enormes populações, somam 40% de todos os suicídios que são cometidos no mundo, segundo a OMS.

Para os parentes e amigos de uma pessoa que se suicidou ou que tentou fazê-lo, o impacto emocional pode durar muitos anos.

"O suicídio é uma importante causa de morte prematura que pode ser prevenida e que é influenciado por factores de risco psico-sociais, culturais e ambientais", afirma a organização.

Segundo ainda a OMS, internamente os Governos necessitam reconhecer as causas do suicídio e proteger os grupos mais vulneráveis, e, a nível global, devem identificar as tendências e trocar informações sobre medidas de prevenção efectivas.

No Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, a OMS insiste na necessidade de que grupos vulneráveis como os doentes mentais, com depressão ou alcoólatras recebam um tratamento adequado e sejam acompanhados.

Mas também pede aos Governos que "restrinjam o acesso aos métodos comuns de suicídio", em alusão às armas, e solicita aos meios de comunicação que "suas informações sobre o assunto sejam mais prudentes".