Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

27 Fevereiro de 2005 | 13h20

Huambo: Padre Abel apela para maior solidariedade com os pobres

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo, 27/02 - O pároco da igreja de Nossa Senhora de Fátima Abel Carlos apelou hoje durante a missa dominical, na cidade doHuambo, a uma maior solidariedade para com as pessoas necessitadas.

Dirigindo-se a mais de três centenas de fieis católicos, o padre Abel disse ser pecado para os que usam o nome de outros para se enriquecer,e apelou aos governantes e as organizações não governamentais a trabalharem mais para o bem estar das pessoas desfavorecidas.

" Muitos usam o nome dos pobres para obterem bens e esses não chegam a aqueles para os quais foram solicitados, isto é um grande pecado ", lamentou o prelado.

Salientou também que a inveja, o ódio, o álcool e a prostituição não devem fazer parte da vida de um cristão, pois, " o cristão é o espelho dasociedade e deve trabalhar para contribuir no desenvolvimento do país, participando em reuniões comunitárias no seu bairro, campanhas de limpeza eoutras actividades que concorram para a mudança da vida de todos".

Segundo disse, Angola precisa de homens honestos para o seu rápido desenvolvimento.

Em oração, o padre pediu a Deus que os empresários de Angola produzam muito para que os preços estejam ao alcance dos mais necessitados, "` bom que o pão e o leite cheguem também ao filho do camponês que tanto trabalha".

O sacerdote falou aos cristãos que existe na sociedade mais gente com espírito diabólico do que cristão, por isso deve-se trabalhar no resgate dorespeito ao próximo, solidariedade e sinceridade.

Os angolanos devem aproximar-se mais, serem irmãos, pois com paz, unidade, harmonia e bem estar social cultiva-se o patriotismo.