Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

18 Outubro de 2012 | 13h33 - Actualizado em 18 Outubro de 2012 | 15h29

Angola com indicadores positivos com relação a esperança de vida - ministro

Saúde

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministro da Saúde, José Van-Dúnem

Foto: Angop

Luanda - O ministro da Saúde, José Van- Dúnem, informou esta quinta-feira, em Luanda, que o país está com indicadores positivos no que respeita a esperança de vida e a redução da mortalidade materno infantil, o que corresponde ao cumprimento dos Objectivos do Milénio.

O ministro, que discursava na reunião do Sub-Comité de Programas da OMS/Afro, acrescentou que, apesar de não avançar dados, as acções de controle das principais endemias apresentaram avanços, nomeadamente a estabilização da incidência, a prevalência  e mortalidade por algumas patologias, especialmente HIV, malária e as doenças himono-previníveis.

José Van-Dúnem apontou a municipalização dos serviços de saúde como outro aspecto que facilitará a obtenção de resultados positivos dos serviços de saúde, pois facilita o acesso aos cuidados de saúde.

Apesar de reconhecer haver muito ainda por fazer, o tutelar da pasta da Saúde garantiu o contínuo apoio na evolução, adaptando aos novos desafios.

“Está em curso no país o plano de desenvolvimento da saúde até 2025”, frisou.

Informou, por outro lado, que não foi registado nenhum novo caso de pólio em Angola, desde 2011.


Para José Van-Dúnem, a sexagésima segunda sessão do comité regional, a ter lugar em Angola em Novembro próximo, será uma oportunidade para o país dar mais um passo marcante na saúde.