Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

07 Junho de 2012 | 13h07 - Atualizado em 07 Junho de 2012 | 16h22

Quinze crianças com hidrocefalia são operadas gratuitamente aos fins-de-semana

Saúde

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda  - Uma média de  15 crianças com hidrocefalia  provenientes de todas as províncias do país  são operadas gratuitamente  todos os fins-de-semana pela Associação de Espinha Bífida e hidrocefalias de Angola (ASBIA).

Em declarações à Angop  o membro do conselho da administração da ASBIA,  António Manuel Vicente, disse que os registos das cirurgias podem ser alterados de acordo com  a reserva logística do centro, que mantém sob observação os pacientes e acompanhantes durante três a quatro dias depois da operação.

O responsável disse que depois das operações que visam a interrupção do crescimento da cabeça, as crianças são acompanhadas e têm tido resultados positivos, isto quando as intervenções são realizadas prematuramente, permitindo que estes pequenos possam ter uma integração social.

Disse que este trabalho é de carácter voluntário, realizado por uma equipa solidária de técnicos do Ministério da Saúde que abraçaram a causa em solidariedade com as famílias que enfrentam o desafio de proporcionar aos filhos a possibilidade de uma vida normal.         

O centro situado no município de Belas, bairro Kifica, comuna do Benfica, em Luanda  foi criado em 2007, onde  as doações e parcerias com o governo e organizações não governamentais  são as formas de sobrevivência da instituição sanitária .