Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

19 Março de 2011 | 09h21 - Actualizado em 19 Março de 2011 | 09h21

Baixa taxa de mortalidade materna/infantil no Hospital Geral do Huambo

Saúde

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo - A taxa de mortalidade materna/infantil no Hospital Geral do Huambo baixou, nos primeiros meses deste ano, para dez porcento, comparativamente a igual período do ano anterior, fruto do aumento do número de técnicos de enfermagem e da aquisição de meios de diagnóstico clínico de melhor qualidade.


A informação foi dada sexta-feira, no Huambo, pelo o médico Jorge de Deus, da secção de maternidade da maior unidade hospitalar da província, durante uma visita efectuada por um grupo mulheres pertencentes ao secretariado provincial da JMPLA a secção de maternidade.


O médico, que reconheceu os esforços empreendidos pela direcção do Hospital Geral, informou que até 2010 a secção de maternidade registava uma taxa de mortalidade materna/infantil acima dos 90 porcento.


Durante a visita, a responsável da área de promoção social e género do secretariado provincial da JMPLA, Lisiane Mbouanga Taty, afirmou que a brigada de saúde da organização juvenil do MPLA vai, doravante, trabalhar com a direcção do hospital na sensibilização das mulheres levando-as a aderir as consultas de ginecologia e pré-natal.


Lisiane Taty manifestou-se satisfeita com o trabalho desenvolvido pelos profissionais da área de maternidade, fundamentalmente, na redução da mortalidade materna, antes, durante e pós parto.
 

Afirmou que a visita se insere nas actividades programadas pelo secretariado provincial da JMPLA para homenagear o mês de Março, internacionalmente consagrado à mulher.

 
Por sua vez, o administrador do Hospital Geral do Huambo, Bernardo Domingo Elevaco, considerou ser de grande importância a iniciativa das mulheres filiadas na JMPLA, uma vez que demonstra solidariedade e intercambio nas acções de promoção da saúde.


Disse que de Janeiro a Fevereiro do ano em curso a secção de maternidade realizou mil 762 partos, dos quais 161 bebes nasceram mortos, em virtude das mães não terem efectuado as consultas pré-natais.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 27/01/2015 16:49:56

    Huambo: Nove cidadãos morreram vitimas de raiva em 2014

    Huambo - Nove cidadãos morreram vítimas de raiva em 2014, na província do Huambo, depois de terem sido mordidos por cães contaminados por esta doença incurável, informou hoje, terça-feira, à Angop, o supervisor local de controlo de endemias.

  • 27/01/2015 16:43:54

    Huambo: Autoridades sanitárias assistem 285 pessoas com lepra

    Huambo - Duzentos e 85 cidadãos com lepra estão a receber assistência médica e medicamentosa na província do Huambo, onde as autoridades sanitárias locais consideram ser estável o índice de incidência da doença, a julgar pelo número de pessoas que anualmente são infectadas.

  • 26/01/2015 20:29:32

    Huambo: Registados novos casos de tuberculose no município da Caála

    Caála - Seis novos casos de tuberculose foram registados nos primeiros 20 dias deste mês no município da Caála, província do Huambo, de um total de 89 consultas realizada no centro de diagnóstico e tratamento da doença.

  • 25/01/2015 23:11:34

    Huambo: Hospital central socorre 51 feridos por acidentes de viação

    Huambo - Cinquenta e um feridos por acidente de viação foram assistidos durante a semana transacta no Hospital Central do Huambo, menos dois em comparação ao idêntico período anterior.