Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

19 Agosto de 2010 | 10h19 - Atualizado em 19 Agosto de 2010 | 10h19

Programa de combate à schistosomíase em Lucala ganha Financiamento

Kwanza Norte

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Lucala  – Um milhão e 200 mil Kwanzas é o montante disponibilizado pela empresa “GDK-Angola” ao sector da Saúde, no município do Lucala, província do Kwanza Norte, com vista a realização de campanhas de sensibilização e tratamento massivo da “schistossomíase” (infecção urinária caracterizada pela ocorrência de sangue na urina, resultante do uso de água não tratada.

Em declarações à Angop, o supervisor municipal do programa de combate às grandes endemias, Bosco António, enfatizou que a referida campanha vai abarcar a distribuição de 90 mil comprimidos de desparasitante “Albendazol” e "Parasiquantel” à população adulta e crianças do município, com vista a contenção da doença e evitar-se o registo de óbitos pela referida patologia.

Bosco Afonso aclarou que a campanha, iniciada quarta-feira última, vai decorrer até ao próximo dia 1 de Setembro, devendo abranger todas as localidades do município.

O mesmo revelou que as autoridades sanitárias do município registaram durante o primeiro semestre do ano em curso, 300 casos de schistosomíase provocados pelo consumo de água tirada directamente do rio Lucala e lagoas.

Entre os principais sintomas que caracterizam a doença, referiu, consta a insuficiência renal, inflação abdominal, dificuldades de gestação para as mulheres e para os casos mais graves, a morte do paciente.

Bosco Afonso apelou à população do referido município a aderir massivamente a referida campanha e a acatar os conselhos apresentados pelos técnicos de saúde durante as campanhas de mobilização sobre os riscos e métodos de prevenção da doença.

Leia também
  • 22/08/2013 18:50:01

    Conclusão da modernização do hospital provincial prevista para 2014

    Em declarações hoje (quinta-feira) à imprensa, Domingos Sebastião referiu que a empreiteira encontra-se na fase de colocação de azulejos, pavimentos e pintura do edifício. A fonte referiu que, em função de alguns constrangimentos de ordem técnica, a entrega da obra, anteriormente prevista ...

  • 22/08/2013 18:23:28

    Província regista mais de 50 mil novos casos de malária em seis meses

    Em declarações hoje à Angop, em Ndalatando, o supervisor provincial do Programa de Combate à Malária, Gonçalo João Tandala, disse que o município do Cazengo, com 19 mil 621 casos, registou 94 óbitos e foi considerada a área mais endémica do Kwanza Norte, seguindo-se a do Golungo Alto, com ...

  • 18/08/2013 06:00:58

    Mais de dois mil cidadãos aderem aos testes voluntários do cancro

    Ndalatando – Dois mil, 613 cidadãos aderiram aos testes voluntários do cancro da mama, do colo uterino e da próstata, realizados pelo núcleo provincial de Oncologia no Kwanza Norte, de Janeiro a Junho do ano em curso, de acordo com o responsável da instituição, Francisco Cahango. Em entrevista à ...

  • 17/08/2013 17:44:01

    Enfermeiros capacitados em matéria de "ética e deontologia profissional"

    Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4 Ndalatando - Pelo menos 160 profissionais de saúde participaram sexta-feira em Ndalatando (capital do Kwanza Norte) de um seminário de refrescamento em matéria de “Ética e deontologia ...