Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

17 Outubro de 2012 | 10h56 - Actualizado em 17 Outubro de 2012 | 18h08

Desminagem do porto fluvial do Rivungo concluída em 2013

Huíla

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Máquina de desminagem

Foto: Angop

Lubango – O processo de desminagem do do porto fluvial do Rivungo, província do Kuando Kubango, decorre a bom ritmo e encontra-se numa fase intermédia, informou hoje, no Lubango, capital da Huíla, o comandante da V Divisão de Infantaria da Região Militar Sul, tenente-general Paulo Alberto da Silva Xavier “Pacy”.


Falando à Angop, à margem da 10ª Reunião do Conselho Regional da Região Militar Sul (RMS), que decorreu naquela cidade, o oficial superior das FAA disse estar cumprido 50 por cento do referido programa, um processo a concluir-se em 2013.


Informou terem sido já removidos cerca de 130 mil engenhos explosivos detonados e não detonados, retirados de uma superfície de 197 mil 400 metros quadrados.


O programa de desminagem, acrescentou o oficial-general, está a ser levado a cabo por várias operadoras com as quais as Forças Armadas Angolanas têm cooperado, com realce para o INAD.


Considerou pertinente imprimir mais celeridade ao processo, pois vai permitir a criação de um caudal de irrigação até ao território zambiano, no âmbito dos acordos bilaterais, Angola/Zâmbia.


Em relação à reunião, disse ter servido para perspectivar actividades relacionadas com o programa de desminagem no território do Kuando Kubango, onde está centrado o projecto Okavango/Zambeze, de âmbito turístico e a conservação da biodiversidade naquele território.


De igual modo, referiu a fonte, passaram-se em revista aspectos ligados ao cumprimento da IX Reunião do Conselho da Região Militar Sul, realizada em Menongue, na província do Kuando Kubango, e também os problemas sociais das tropas.


Os chefes de órgãos, armas, serviços e comandantes de unidades participantes à X reunião discutiram a situação geopolítica nacional e internacional, com destaque para a região sul, a situação disciplinar e criminal da tropa estacionada na Região Militar, os recursos humanos, logística, massificação das actividades desportivas e situação sanitária.

Assuntos Província » Huíla  

Leia também