Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

31 Agosto de 2012 | 02h02 - Actualizado em 31 Agosto de 2012 | 09h29

Retrospectiva das eleições de 2008

Eleições2012

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda – As eleições legislativas de 2008, ganhas pelo MPLA, contaram com a participação de 15 formações políticas, mais seis em relação ao pleito desta sexta-feira.

Nessas eleições, as segundas realizadas no país após as de 1992, o MPLA obteve quatro milhões quatrocentos e catorze mil e setecentos e trinta e oito (4.414. 738) votos, correspondendo a 81, 64 porcento, facto que lhe atribuiu a maioria absoluta das cadeiras no parlamento. Esta formação política obteve 191 assentos na Assembleia Nacional, mais 62 em relação ao pleito de 1992.

O segundo lugar foi ocupado pela Unita, que obteve 559.972 votos, equivalentes a 10,39 porcento e 16 assentos no parlamento, menos 54 que nas primeiras eleições. Os lugares subsequentes foram ocupados pelo Partido de Renovação Social (PRS), com 172.298, equivalentes a 3,17 porcento e oito assentos no parlamento, mais dois em relação ao pleito anterior.

A coligação Nova Democracia surpreendeu pela positiva, uma vez que ao concorrer pela primeira vez ocupou a quarta posição, à frente do partido histórico FNLA obtendo 64.624 votos correspondentes a 1.20 e dois deputados na Assembleia Nacional, contra os 60.335 votos equivalentes a 1,11%.

O Partido Democrático para Progresso – Aliança Nacional Angolano (PDP-ANA), Partido Liberal Democrático (PLD), Angola Democrática – Coligação (AD-Coligação), Partido de Apoio Democrático e Progresso de Angola (PADPA), Frente para a Democracia, Partido da Aliança Juventude, Operários e Campesinos de Angola, Partido Renovador Democrático, Plataforma Política Eleitoral e Fórum Fraternal Angolano Coligação não obtiveram qualquer assento no parlamento.

Em consequência destes resultados e à luz da lei eleitoral foram extintos os partidos Liberal Democrático (PLD), de Apoio Democrático e Progresso de Angola (PADEPA), da Aliança, Juventude, Operária e Camponesa de Angola (PAJOCA) e Renovador Democrático (PRD) e a Frente para a Democracia (FPD), aspirantes no pleito na condição de singulares.

No que a coligações se refere foram extintos o Fórum Fraternal Angolano (FOFAC), constituído pelos partidos Angolano Conservador do Povo (PACOPO), Democrático dos Trabalhadores (PDT) e Juvenil da Social Democracia (PRESA/PJSD), assim como a Frente Nacional de Desenvolvimento Democrático de Angola (FNDDA).

A lista inscreveu também os partidos da Unificação Democrática de Angola (UDA), Angolano Liberal (PAL), Movimento de Defesa dos Interesses dos Angolanos - Partido da Consciência nacional (MDIA/ PCN), Nacional Ecológico de Angola (PNEA) e a Convenção Nacional Democrática de Angola (CNDA), aliados na Angola Democrática (AD-Coligação).

Completam o leque os partidos Aliança Nacional Democrática (AND), Democrático Unificado de Angola (PDUA), Nacional Independente de Angola (PNIA), Angolano para Unidade Democracia e Progresso (PAUDP), de Convenção Democrática e Progresso (PCDP), a União Nacional Democrática (UND), da Comunidade Socialista de Angola (PCSA), o Movimento Democrático de Angola (MDA) e o Centro Democrático Social (CDS), concorrentes pela coligação Plataforma Política Eleitoral (PPE).

Nas eleições gerais de 2012, cujo pleito ocorre esta sexta-feira, concorrem cinco partidos políticos e quatro coligações, designadamente MPLA, UNITA, FNLA, PAPOD, Nova Democracia, FUMA, CASA-CE, PRS e CPO.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 24/05/2014 00:00:29

    Angola: Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - A Agência Angola Press (Angop E.P) incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos nacionais:

  • 23/05/2014 21:18:22

    Chefe de Estado angolano escreve ao homólogo tchadiano sobre situação na RCA

    Pretória (Dos enviados especiais) - Uma mensagem do Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, para o seu homólogo tchadiano, Idriss Déby, foi entregue na noite desta sexta-feira, em Pretória, África do Sul.

  • 23/05/2014 14:44:13

    Vice-presidente da República com agenda diplomática em Pretória

    Luanda - O vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, vai manter, na África do Sul, contactos diplomáticos com os governos do Congo Brazzaville, da República do Tchad e, eventualmente com o da República do Democrática do Congo (RDC), confirmou hoje, sexta-feira, em Luanda, o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti.

  • 23/05/2014 13:21:00

    Primeiro-ministro da RCA deixa Luanda

    Luanda - O primeiro-ministro da República Centro Africana (RCA), André Nzapayeké, regressou hoje, sexta-feira, ao seu país, no termo da visita oficial, de mais de 48 horas a Angola, no âmbito do relançamento das relações entre os dois Estados.