Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

27 Maio de 2012 | 11h40 - Atualizado em 27 Maio de 2012 | 11h40

Militantes chamados a divulgar o projecto do MPLA para Angola

França

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Paris - O militante do MPLA Miguel da Costa apelou à camaradagem e unidade de todos os militantes do MPLA em França, para que possam contribuir, embora à distância, para o êxito do seu partido nas próximas eleições de 31 de Agosto.

“Acreditamos que o MPLA ganhe as eleições para que consiga continuar o seu programa que nos leve ao desenvolvimento, por isso, estas eleições servirão para legitimar este projecto. Para tal, todos os militantes e simpatizantes devem trabalhar para dar a conhecer o nosso projecto e assim saiamos vencedores. Em eleições, o que conta são os projectos e é preciso que todos conheçam bem o nosso projecto” - disse.

O Embaixador proferiu estas palavras no encerramento da 5ª Conferência de Balanço das Actividades Realizadas de 2009-2012 que decorreu em Paris e contou com a presença de todos os responsáveis dos comitês de acção espalhados pelas cidades e províncias de França.

Miguel da Costa, que é o embaixador de Angola em França, fez um enquadramento sobre os últimos desenvolvimentos da realidade política, tendo informado aos presentes sobre os passos que estão em curso para as próximas eleições gerais.

A reunião foi liderada pelo 1º Secretário do MPLA em França e cônsul-geral em Paris, Manuel António “Soviético” e contou com a presença de todos os membros do secretariado, responsáveis das organizações de base, convidados e destacados militantes, entre os quais, Manuel Jorge –professor de Direito e Advogado, nacionalista e actualmente presidente da Casa de Angola em França, Joaquim Vieira, e Ilda Carrera – membro do Comité Nacional da OMA e Adida de Imprensa na UNESCO.

Os conferencistas aprovaram o Relatório das actividades realizadas durante o período de 2009 a 2012 com destaque para o crescimento das estruturas de base.

No documento lê-se que o comité cumpriu com várias tarefas, com destaque para “Os grupos de acompanhamento do Secretariado do Comité que realizaram visitas de trabalho a Comités de Acção do MPLA, dos 31 existentes e espalhados um pouco por toda a França, designadamente as regiões de Toulouse, Dijon, Saint-Etiene, Strausburgo, Bordeaux, Orleans e outras” e perfazendo um número de militantes registados que ultrapassa já duas mil pessoas.