Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

16 Fevereiro de 2012 | 22h12 - Atualizado em 16 Fevereiro de 2012 | 22h12

Petrolífera Total financia bolsas de estudo

Kwanza Norte

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ndalatando - Pelo menos cinco alunos da escola do II ciclo "Eiffel", sedeada em Ndalatando, capital do Kwanza Norte, vão beneficiar anualmente de bolsas de estudos para frequência do ensino superior em universidades de Angola, Portugal e França, no quadro de um projecto financiado pela empresa petrolífera "Total- Ep".

A informação foi avançada hoje (quinta-feira) à imprensa pela directora para a área de Relações Exteriores da "Total", Henda Ducados, esclarecendo que as referidas bolsas deverão beneficiar os cinco alunos que obtiveram as médias mais altas a nível das várias especialidades do ensino médio.

Para o efeito, a mesma esclareceu que na selecção dos estudantes a sua instituição vai priorizar o bom comportamento, melhor desempenho e excelência, sobretudo em relação ao domínio perfeito da Matemática, do Inglês ou do Francês, de modo a facilitar a rápida inserção dos mesmos, caso sejam seleccionados para formação em universidade estrangeiras.

No quadro da apresentação dos moldes de acesso às bolsas de estudo, referiu, uma delegação da empresa e alguns parceiros mantiveram hoje um encontro com os encarregados de educação dos alunos, para a apresentação dos objectivos da empresa em relação a construção de escolas do II ciclo em várias províncias do país e consequente apresentação das políticas de atribuição de bolsas de estudos.

Henda Ducados esclareceu que a empresa Total desembolsa anualmente um montante que varia entre os 10 à 45 mil dólares na amortização dos custos individuais de cada bolseiro.

"As bolsas de estudo financiadas pela Total estão avaliadas em USD 10 mil para cada aluno formado em Angola, 30 mil dólares para cada aluno que estudar em Portugal e USD 45 mil para cada bolseiro seleccionado para França", esclareceu a responsável.

Recorde-se que as escolas Eiffel são escolas públicas do II ciclo do ensino secundário que ministram as classes da 10ª  a 12ª, sob indicação do Ministério da Educação, contando actualmente com infraestruturas nas cidades de Ndalatando (província do Kwanza Norte), Caxito (Bengo), Ondjiva (Cunene) e Malanje.

O surgimento das referidas escolas é resultado de um acordo tripartido assinado em Maio de 2008 entre o Ministério da Educação, a empresa Total. Ep – Angola e a missão laica francesa, visando o reforço da componente do ensino gratuito nas referidas províncias.

No quadro de um programa estabelecido pelo Ministério da Educação, a nível das referidas escolas são leccionados vários cursos, que priorizam as áreas de Matemática, Química, trabalhos práticos e língua estrangeira, sendo exigido os 16 anos como idade mínima para o ingresso nas escolas Eiffel que ministram da 10ª a 12ª classe.

Leia também
  • 10/08/2013 13:03:03

    MPLA no Golungo Alto revitaliza comités de acção

    Golungo Alto - O Comité Municipal do MPLA no Golungo Alto (Kwanza Norte) está a proceder a revitalização dos comités de acção do partido, à luz das orientações do Comité Central do partido, que visam consolidar as estatísticas para aferir a base de militante da formação política. A informação ...

  • 08/08/2013 06:00:10

    Comandante provincial da polícia defende reforço da relação com o cidadão

    Banga - O comandante provincial do Kwanza Norte da Polícia Nacional (PN), José Alexandre Canelas, defendeu quarta-feira, no município da Banga, o incremento da relação polícia/cidadão, no quadro do policiamento de proximidade, visando garantir maior segurança e tranquilidade públicas. O ...

  • 03/08/2013 03:10:22

    Iniciativas dos governos africanos a favor da mulher foi tema de palestra

    Ndalatando – O tema "Iniciativas dos governos africanos na promoção de políticas a favor da mulher” foi abordado nesta sexta-feira, em Ndalatando, província do Kwanza Norte, durante uma palestra promovida pela Organização da Mulher Angolana (OMA), no quadro das celebrações do Dia da Mulher ...

  • 02/08/2013 11:57:54

    CASA-CE destaca impacto da paz no desenvolvimento do país

    Ndalatando – O secretário provincial do Kwanza Norte da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), Jesus Mbote Cassule, exaltou hoje, sexta-feira, em Ndalatando, o impacto da paz no processo de desenvolvimento que o país regista actualmente. Falando numa ...