Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

30 Julho de 2011 | 17h05 - Actualizado em 31 Julho de 2011 | 16h09

Abertura do processo de actualização do Registo Eleitoral representa início da festa nacional

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vice-ministro da Administração do Território para os Assuntos Institucionais e Eleitorais, Adão de Almeida

Foto: Angop



Huambo – O vice-ministro da Administração do Território para os Assuntos Institucionais e Eleitorais, Adão de Almeida, disse na sexta-feira que a abertura oficial do processo de actualização geral do registo eleitoral é uma festa nacional iniciada na província do Huambo, devendo culminar com o pleito eleitoral em 2012.


Segundo o responsável, que intervinha no acto nacional de lançamento do processo de actualização geral do registo eleitoral, “esta festa que todos desejam que continue, só é possível porque o país encontra-se num ambiente de plena democracia e de paz”.


Por isso, disse, Huambo é hoje a capital da democracia, da tolerância, das liberdades e das garantias dos cidadãos em Angola, elucidando que a paz e a democracia são os dois maiores benefícios e conquistas do povo angolano, nos últimos anos. 


Adão de Almeida exemplificou a alegria constatada no rosto dos camponeses e o trabalho que realizam nas lavras em todo o país, assim como os produtos que são expostos nos mercados para o benefício das populações, contribuindo para o crescimento da produção nacional. 


“São inúmeros os benefícios que hoje as nossas populações têm por força da paz e da democracia, que devemos continuar a preservar”, enfatizou, precisando que o acto de abertura oficial do processo de actualização geral do resisto eleitoral visa provar o engajamento dos angolanos pelo fortalecimento permanente e contínuo da democracia no país.


“Começa hoje, com actos formais em todas as províncias, a actualização geral do registo eleitoral, uma actividade que vai nos levar ao objectivo final: a confirmação da festa das eleições em 2012, que não será de nenhum partido, mas de Angola e dos angolanos no seu todo”, disse.


Apontou ainda que se faz o apelo e o convite para que todos, a partir de agora, participem desta festa, em primeiro lugar dirigindo-se aos postos de registo eleitoral, independentemente de estar-se ou não já registado de modo a que, em última análise, se escolha o local para o exercício do direito de voto nas próximas eleições.  


Disse que essa é a grande novidade que o processo traz, que é a vantagem de os cidadãos poderem escolher  agora o local onde irão exercer o direito de voto e decidir, na altura das eleições, sobre o partido e o candidato à presidente da República, em melhores condições para dirigir os destinos do país.


A cerimónia, realizada no pavilhão multiuso Osvaldo Serra Van-Dúnem, na cidade do Huambo, foi presidida pelo governador da província, Faustino Muteka, em representação do ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também