Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

08 Junho de 2011 | 15h30 - Atualizado em 08 Junho de 2011 | 16h53

Presidente da Assembleia Nacional assiste Fórum parlamentar na Huíla

SADC

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da Assembleia Nacional, Paulo Kassoma.

Foto: Angop

Luanda - O presidente da Assembleia Nacional, António Paulo Kassoma, deixou ao princípio da tarde de hoje (quarta-feira), a cidade de Luanda, com destino ao Lubango, Huíla, onde vai assistir os trabalhos da vigésima Nona Assembleia Plenária do Fórum Parlamentar da organização regional,  que decorre no país de cinco a 12 de Junho.

O Fórum Parlamentar da SADC foi instituído a 08 de Setembro de 1997, na Cimeira dos Chefes de Estados e de Governos da Comunidade realizada em Windhoek (Namíbia). A referida instituição reúne os Parlamentos dos Estados da África Austral, visando o estabelecimento da cooperação parlamentar entre os representantes dos povos desta região do continente africano.

O mesmo visa reforçar a capacidade de execução da SADC através da participação dos deputados nas actividades desta organização. Constituir-se num fórum para debates sobre questões de interesse dos países membros, bem como facilitar a execução de políticas e projectos regionais são outros dos objectivos deste órgão.

Fundada em 1980 por nove dos seus actuais estados membros, a SADC integra presentemente 14 países da Região Austral do continente designadamente Angola, África do Sul, Botswana, República Democrática do Congo, Lesotho, Madagáscar, Malawi, Ilhas Maurícias, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia e Zimbabwe.

O líder do parlamento angolano, que viaja na companhia de vários deputados e membros do executivo nacional, recebeu no aeroporto cumprimentos de despedida da parte da segunda vice-presidente da Assembleia Nacional (AN), Joana Lina.