Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

17 Novembro de 2011 | 10h31 - Actualizado em 17 Novembro de 2011 | 10h31

Diplomacia angolana antes e pós independência debatida em palestra

Uíge

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Uíge – A diplomacia em Angola, antes e pós independência, foi quarta-feira, nesta cidade, debatida em palestra promovida pelo Ministério das Relações Exteriores, no âmbito do programa das comemorações do dia 12 de Novembro dia do diplomata angolano.

Ao dissertar em palestra o tema, o director nacional dos recursos humanos do Ministério das Relações Exteriores, Edgar Martins, disse que este constitui um momento de reflexão e de estímulo para os diplomatas angolanos, bem como para as novas gerações, sobre o rumo e a estabilidade da diplomacia no país.

Referiu que a institucionalização do dia do diplomata angolano, visa reconhecer o percurso histórico e as acções da diplomacia angolana desde os primórdios da Independência Nacional.

“Desde os tempos remotos, a diplomacia angolana tem vindo a desenvolver acções de impacto e de destaque ao nível internacional, face a esse desiderato, o Ministério das Relações Exteriores, decidiu propor o dia 12 de Novembro como dia do diplomata angolano”, realçou.

Lembrou ainda que, a diplomacia angolana, assenta em diversas premissas, indissoluvelmente ligadas a conjuntura internacional da época, pelo que, a força institucional do Ministério da Relações Exteriores transcende assim em muitas funções comuns.

Reforçou que a história da diplomacia angolana se confunde com a própria consolidação da República de Angola, devido ao contributo impagável que outorgou para a afirmação internacional do país no estabelecimento da paz efectiva e da democracia.  

O responsável disse ainda que, foi depois da primeira e segunda guerras mundiais sobretudo em 1945 que se criou a sociedade das Nações antecessora da actual Organização das Nações Unidas, o que facilitou a existência de uma tribuna mundial para todos países colonizados.

“Com a evolução deste ambiente político e social ao nível internacional, permitiu no início dos anos 60 o amadurecimento das políticas e o consequente surgimento do pensamento pro-liberdade dos angolanos”, sublinhou.

Na altura, reflectiu o prelector, os nacionalistas que se encontravam no estrangeiro aproveitavam as revistas estrangeiras para vincular informações e as denúncias sobre as atrocidades e barbaridades praticadas pelo regime colonial português.

Participaram da palestra, membros do governo, magistrados públicos, docentes, estudantes universitários, directores provinciais e convidados.

Assuntos Província » Uíge  

Leia também
  • 10/01/2015 22:15:51

    Uíge: Comité de especialidade apela contribuição no desenvolvimento

    Uíge - O primeiro secretário provincial do Comité de Especialidade de Economistas e Gestores do MPLA no Uíge, Pedro Augusto Conga, exortou hoje, sábado, nesta cidade, os membros do seu comité a redobrarem esforços na concretização de acções que contribuam para o desenvolvimento da região.

  • 04/01/2015 12:13:51

    Uíge: População exortada a relembrar os Mártires

    Uíge - O vice-governador para Sector Económico no Uíge, Carlos Mendes Samba, exortou hoje, domingo, na aldeiaTange, quatro quilómetros a sul da cidade do Uíge, a população, no sentido de continuar a relembrar os Mártires da Repressão Colonial que contribuíram na reivindicação da dominação colonial.

  • 03/01/2015 10:41:06

    Uíge: Palestra marca celebrações do Dia dos Mártires

    Uíge - Uma palestra subordinada ao tema "A importância do 4 de Janeiro - Dia dos Mártires da Repressão Colonial", a decorrer neste domingo, na aldeia do Tange, a quatro quilómetros da cidade do Uíge, sede capital da província, marcará o ponto alto das celebrações da efeméride, nesta província.

  • 31/12/2014 08:00:26

    JMPLA no Uíge com balanço positivo em 2014

    Uíge - O primeiro secretário provincial do Uíge da JMPLA, Pedro Augusto Conga, considerou, terça - feira, nesta cidade, positivo o trabalho desenvolvido pela organização juvenil do MPLA na província, durante o ano 2014.