Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

21 Setembro de 2010 | 18h10 - Actualizado em 21 Setembro de 2010 | 18h09

Diplomata destaca figura de Agostinho Neto

China

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dalian  - O primeiro-secretário da Embaixada de Angola, em Beijing, Alberto António Sawimbo, disse  que  Agostinho Neto sempre pugnou pela libertação cultural dos angolanos e de África.

O diplomata fez esta afirmação quando falava no encontro que manteve com um grupo de estudantes angolanos da Universidade de Dalian Maritime, na província chinesa de Liaoning.

Frisou que na semana em que se celebrou o Dia do Heroi Nacional lembrar a figura de Agostinho Neto deve significar, para cada estudante, assumir o compromisso na senda da formação académica e profissional.

“Nós pensamos que é útil e proveitoso falar de Agostinho Neto, do poeta maior e fundador da nação angolana, cujo pensamento político/estratégico teve sempre como pendor a educação e a formação de quadros capazes de levar a cabo o processo de desenvolvimento de Angola” - afirmou. 

Salientou ser igualmente propício para os angolanos refelectirem sobre o papel e o valor pedagógico dos ensinamentos daquele (Agostinho Neto) que cedo se revelou intransigente defensor da liberdade e da dignidade do homem angolano.

A figura de Agostinho Neto, acrescentou, está intimamente ligada à preocupação, que sempre revelou, na senda da eliminação do analfabetismo e do obscurantismo e pela afirmação da identidade cultural.

António Alberto Sawimbo, que falava em representação do embaixador, João Manuel Bernardo, instou os estudantes angolanos a redobrar os seus esforços na formação para contribuírem no trabalho de executivo para o desenvolvimento de Angola.

Durante a sua estada em Dalian, município portuário da província chinesa de Liaoning, (Oeste da China), o diplomata angolano foi recebido pela directora-geral de Cursos para Estrangeiros, Peng Xuefei, que se fez acompanhar pelas responsáveis dos Departamentos Académico e Económico.

Ambos interlocutores consideraram importante a realização de encontros periódicos entre a direcçao daquele centro universitário com representantes da Embaixada Angolana em Beijing.

A Direcção da Universidade de Dalain Maritime comprometeu-se em trabalhar em estreita colaboração com a Embaixada de Angola em Beijing, no que tange à troca de dados inerentes ao estado de aproveitamento académico do estudante angolano naquela instituição universitária e outras questões.

Num outro encontro separado com os estudantes angolanos em Shenyan, capital da província de Lioaning, segunda etapa da sua visita,  o diplomata angolano falou do programa da Embaixada de Angola na China visando a familiarização dos angolanos fora do seu país com a realidade de Angola em reconstrução.

O programa de visitas de acompamento e registo de membros da comunidade angolana residente na China inclui deslocações a distintas Universidades nas províncias de Shandong, Heilongjing, Tianjin, Guangdong, Hunan, Jiangsu, Hubei, Shanghai e Beijing.

O adido de Imprensa da Embaixada de Angola em Beijing, Bernardo João, integra o grupo de contacto da missão diplomática angolana na República Popular da China.