Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

29 Maio de 2010 | 18h19 - Actualizado em 29 Maio de 2010 | 18h19

Secretário-geral da CEEAC apela efectivos da FOMAC à obediência

Exercício Kwanza 2010

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cabo Ledo - O secretário-geral da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Luís Silva Nguema, apelou hoje, sábado, em Cabo Ledo, Bengo, aos efectivos da Brigada em Estado de Alerta desta comunidade regional a obedecerem as ordens do comandante da componente militar e policial do exercício "Kwanza 2010", para o bem de missões de paz e humanitárias.

Luís Nguema falava diante de uma parada militar onde estavam concentrados mais de quatro mil efectivos dos 10 países que integram a brigada multinacional da África Central em Estado de Alerta, que assistiram a transferência de comandantes da componente militar e policial, que em Labo Ledo participam no exercício "Kwanza 2010".

"Vocês devem obedecer a execução dos regulamentos da Força Multinacional da África Central (FOMAC), à observância das leis, com vista ao sucesso da causa da paz da CEEAC", salientou o secretário-geral da comunidade que se encontra em Angola desde sexta-feira, para presidir este acto.

Pelo contingente das forças militares, é comandante o general de brigada Zakaria Ngobongue, da República do Tchad, enquanto pela componente policial o coronel Jule Monkala do Congo Brazzaville.

Estes dois oficiais superiores substituíram os antigos comandantes que dirigiram o passado exercício denominado "Bahr-El-Gasel da CEEAC, realizado em 2008, na República do Tchad. Doravante os actuais comandantes passarão a dirigir estes efectivos, que na parada militar apresentaram-se de boinas de cor azul, simbolizando missão de paz das Nações Unidas.

O acto foi marcado pela entrada, no recinto da actividade, do estandarte nacional (bandeira da República de Angola), seguido da entoação do hino nacional e um minuto de silêncio, bem como o desfile de todas as tropas dos estados membros da CEEAC.

Testemunharam o mesmo o chefe do Estado Maior General das FAA, general Francisco Furtado, na qualidade de director do exercício, o secretário-geral adjunto da CEEAC, o angolano Egídio Sousa Santos, o segundo comandante da Polícia Nacional, comissário-chefe Paulo de Almeida, oficiais generais e superiores dos exércitos participantes na manobra.

O exercício "Kwanza 2010", que tem como objectivo a certificação da Força Multinacional da África Central em Estado de Alerta, iniciou no passado dia 22 e termina a 10 de Junho próximo.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também