Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

20 Março de 2010 | 15h14 - Atualizado em 20 Março de 2010 | 15h29

Empossamento de novos membros do Governo constitui destaque

Resenha

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da República, José Eduardo dos Santos, confere posse a novos membros do Governo

Foto: Angop

Luanda  - O empossamento de novos membros do Governo e dos Serviços Auxiliares do Presidente da República e Chefe do  Executivo, nomeados terça-feira, constituiu o destaque político da semana que hoje (sábado) termina.

O Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos,  empossou Maria Idalina de Oliveira Valente para o cargo de ministra do Comércio, Pedro Mutinde, para ministro da Hotelaria e Turismo, e José Mateus de Adelino Peixoto, para o cargo de secretário-geral dos Serviços Auxiliares do Presidente da República e Chefe do Executivo.

Foram igualmente empossados Aldemiro Justino de Aguiar Vaz da Conceição para o cargo de director de Gabinete de Quadros dos
Serviços Auxiliares do Presidente da República e Chefe do Executivo, Antónia Florbela de Jesus Rocha Araújo, secretária para os Assuntos Judiciais e Jurídicos do Presidente da República, e André Rodrigues Mingas Júnior, secretário para os Assuntos Locais do Presidente da República.

José Manuel Feio Mena Abrantes tomou posse como secretário para os Assuntos de Comunicação Institucional e Imprensa do
Presidente da República, Francisco Manuel Monteiro Queiroz, secretário para os Assuntos Políticos e Constitucionais do Presidente da República, Rosa Escórcio Pacavira de Matos, secretária para os Assuntos Sociais do Presidente da República, e Carlos Alberto Saraiva de Carvalho Fonseca, secretário para os Assuntos Diplomáticos e de Cooperação do Presidente da República.

Ainda nesta semana, o Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, acreditou quatro novos embaixadores, todos eles com
estatutos de não residentes.

Trata-se dos diplomatas da Croacia, da Austria, respectivamente, Jeko Zukoaz e Maria Chistine Moya Goetsch, em cerimónias
separadas realizadas no Salão Nobre do Palácio Presidencial à Cidade Alta.

De Malta entregou as cartas credenciais o diplomata António Maria de Melo, enquanto que do Irão procedeu Afgahar Ebrahim.

Por outro lado, o presidente da Assembleia Nacional, Paulo Kassoma, foi convidado pelo seu homólogo de Cuba, Ricardo Alarcón de Quesada, a visitar este país latino-americano.

O convite foi transmitido ao líder parlamentar pelo embaixador de Cuba em Angola, Pedro Ross Leal, durante uma audiência em que o diplomata entregou uma mensagem de felicitações do presidente do parlamento cubano ao homólogo angolano, recentemente eleito para o cargo.

O deputado angolano deslocou-se a Windhoek para participar das  celebrações do 20º aniversário da independência da Namíbia, em
representação do Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos.

No aeroporto internacional "4 de Fevereiro", na capital angolana, Paulo Kassoma, que vai presenciar igualmente a investidura do
Presidente namibiano, Lucas Pohamba (no segundo mandato), recebeu cumprimentos de despedida de deputados e do embaixador da Namíbia em Angola, Lineekela Mboti.

Ainda nesta semana, o ministro do Interior, Roberto Leal Monteiro "Ngongo", enalteceu os esforços do Governo angolano tendentes
à criação de melhores condições de trabalho para os efectivos dos Serviços Prisionais e de habitabilidade da população penal.
 

Numa nota de felicitação pelo 31º aniversário dos Serviços Prisionais, assinalado a 20 de Março, o ministro refere que o engajamento institucional do Governo garante a todos os efectivos forças para salvaguardar os propósitos a que estão  profissionalmente comprometidos.

Constitui igualmente destaque político o anúncio da secretária de Estado para a Cooperação, Exalgina Gâmboa, segundo o qual as
autoridades angolanas procuram manter um diálogo permanente com os seus parceiros chineses com vista ao reforço das relações
entre os dois países.

A responsável angolana teceu esta consideração na abertura de um encontro com uma delegação chinesa, chefiada por Jin Peiding, membro do Comité Consultivo de Política Externa do Ministério dos Negócios Estrangeiros do país asiático, tendo referido que a China é dos maiores e melhores parceiros de Angola.

No capitulo legislativo, o deputado Rui Falcão afirmou, no Huambo, que o actual processo de divulgação da Constituição por todas as
províncias do país não significa debate, mas, sim, é tão somente uma apresentação da mesma tal como deve ser conhecida e aplicada por todos os cidadãos residentes em Angola.
 

Numa apresentação resumida dos 244 artigos que conformam a carta magna do país, aprovada em Fevereiro, o parlamentar
detalhou pormenorizadamente aspectos atinentes a lei de terras, fiscalização da lei e também da eleição do Presidente da República e dos deputados à Assembleia Nacional.
 

Já a deputada Adélia de Carvalho manifestou-se, em Luanda,  confiante que as mulheres, com cargo de direcção, irão se empenhar nas suas missões e melhorar as suas capacidades intelectuais e técnicas, nos vários domínios

Em entrevista a Angop, Adélia de Carvalho frisou que as responsáveis nos órgãos de decisão vão implementar esforços na ascensão das outras mulheres a todos os níveis, no que toca ao desempenho honesto e eficaz no seu trabalho, bem como na aposta para a melhoria das habilitações académicas e profissionais.