Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Agosto de 2009 | 18h24 - Actualizado em 11 Agosto de 2009 | 19h21

Quadros do Ministério da Justiça deverão corresponder às expectativas do cidadão

Justiça

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vice - ministra da Justiça, Ana Canene

Foto: Angop

Luanda – Os funcionários dos registos e notariado, depois de formados, deverão corresponder as expectativas do cidadão que procura esses serviços, sem recorrer à práticas incorrectas que mancham o nome do Ministério da Justiça.

Essas declarações foram proferidas pela vice-ministra da Justiça, Ana Canene, durante a cerimónia de ortoga de certificados, referente ao curso de formação de oficiais e conservadores do registo civil da 1ª e 4ª conservatória.

Com essa formação, disse, o Ministério pretende capacitar permanentemente os seus funcionários, visando prestar um serviço cada vez mais célere e eficiente.
 


Segundo a responsável durante a formação, que está inserida no âmbito do processo de modernização e informatização dos registos e notariado os formandos tiveram acesso a tecnologias de informação que ajudaram a implementar tal estratégia.

Por outro lado, a directora Nacional dos Registos e Notariado, Isabel Tormenta, informou que a 2ª, 3ª, 5ª e 6ª conservatória serão as próximas a beneficiarem do curso de formação, que decorrerá ainda durante o ano em curso.

Actualmente, o único serviço de Registo Civil equipado com meios informáticos é a 7ª Conservatória, localizada no município da Samba, em Luanda.
 


É pretensão do Governo criar, também, serviços internacionais, para permitir, por exemplo, o registo de nascimento de emigrantes nas representações consulares.

Durante o curso, que decorreu de 10 de Junho a 24 de Julho, participaram 38 formandos da 1ª e 4ª conservatória do registo e notariado.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 21/01/2015 19:12:27

    Angola: Constituição é instrumento de unidade dos angolanos

    Luanda - O secretário para organização periférica e rural do Comité Provincial do MPLA de Luanda, Bento dos Santos "Kangamba", considerou hoje, quarta-feira, a Constituição da República como um instrumento de unidade dos angolanos.

  • 21/01/2015 04:00:19

    Jovens da Ingombota aderem ao recenseamento militar

    Luanda - O posto de recenseamento militar, instalado junto as administrações comunais do distrito urbano da Ingombota, em Luanda, continuam a registar a afluência de jovens que responderam ao processo de cadastramento obrigatório, iniciado a cerca de 12 dias, para os cidadãos de sexo masculino nascidos até 1997.

  • 19/01/2015 16:36:23

    Angola: Registados mais de oitenta crimes em Luanda

    Luanda - Cento e cinquenta cidadãos foram detidos pela Polícia Nacional na província de Luanda, na última semana, na sequência do cometimento de 81 crimes diversos, anunciou hoje, segunda-feira, nesta cidade, o sub-inspector Euler Matari.

  • 16/01/2015 17:33:48

    Autoridades policiais evitam violações de fronteira no norte do país

    Luanda - A Polícia de Guarda Fronteira de Angola (PGFA) evitou, nas últimas 24 horas, seis tentativas de violações de fronteira nas províncias da Lunda Norte, Cabinda e Zaire.