Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

06 Dezembro de 2009 | 17h29 - Actualizado em 06 Dezembro de 2009 | 17h35

Kundi Paihama impressionado com construção do templo da Igreja Tocoista

Constatação

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Kundi Paihama ( centro) visita templo da Igreja Tocoista

Foto: Angop

Luanda - O ministro da defesa nacional, Kundi Paihama, mostrou-se hoje, domingo, impressionado com a construção do templo sede da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (Tocoista) que está a ser erguido no município do Kilamba  Kiaxi, em Luanda.


Esta impressão foi manifestada no final de uma visita efectuada a esta congregação religiosa, afirmando que a construção ultrapassou as suas expectativas.


“O bispo Afonso Nunes já me tinha falado da construção do templo da Igreja Tocoista, mas nunca me passou pela cabeça que fosse desta dimensão, pelo que aproveito a oportunidade para parabenizar a  liderança desta congregação”, realçou.


O governante afirmou que outro aspecto que lhe chamou a atenção foi o Complexo Escolar Simão Toco construído com base no convénio entre a Igreja e o estado no quadro do fornecimento de professores.


"É uma escola com 40 salas e com capacidade para atender seis mil, alunos o que  beneficia não só a Igreja mas o país todo, uma vez que aqui são educados e formados filhos não só de tocoistas mas de Angola, pelo que todos saímos a ganhar com este estabelecimento”, afirmou.


Sem fazer promessas, Kundi Paihama, manifestou a sua disposição  em colaborar na consolidação da Igreja, no que concerne ao trabalho social em curso nesta agremiação religiosa, o qual contribui na melhoria da qualidade de vida das populações.
 

A construção do templo da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo iniciou em 2004, e a mesma constituiu prioridade nas acções levadas a cabo este ano por esta congregação religiosa, estando actualmente na fase de conclusão do tecto.


Segundo o Bispo Afonso Nunes, pretende-se construir um dos maiores templo no continente africano de adoração a Deus, como agradecimento por tudo quanto tem feito por este continente.


As obras estão a ser custeadas com os fundos entregues por fiéis, cujo valor já empregue não foi revelado, por questões éticas.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também