Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

07 Junho de 2004 | 18h38

Zaire: Conflito no Congo Democrático atrasa repatriamento de refugiados

Mbanza-Congo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mbanza-Congo, 07/06 - A segunda fase da operação de repatriamento dos refugiados angolanos na República Democrática do Congo, inicialmente prevista para o dia 22 deste mês, foi adiada sine die devido a instabilidade militar naquele país, disse hoje, em Mbanza-Congo, o director provincial da Assistência e Reinserção Social do Zaire, Francisco Lusala.

Em declarações à Angop, a fonte revelou que uma delegação multisectorial integrada por representantes do Minars e do Alto Comissariado das Nações Unidas para o Refugiados (ACNUR) vai deslocar-se nos próximos dias a Kimpese (RDC), para junto das autoridades congolesas fixar uma nova data para o reinicio da operação.

Nesta fase, que vai até 2005, prevê-se repatriar 15 mil refugiados a partir do posto fronteiriço de Luvo.

Francisco Lusala garantiu que o Programa Alimentar Mundial está em condições de assistir os repatriados durante a permanência nos centros de trânsito, assim como nas zonas de origem.
A primeira fase realizou-se de Junho à Outubro de 2003 e regressaram ao país 7.632 angolanos, através do posto fronteriço de Luvo, 60 quilómetros a norte de Mbanza-Congo.