Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

23 Janeiro de 2014 | 18h01 - Actualizado em 23 Janeiro de 2014 | 18h01

Itália: PCA da Ensa reafirma compromisso para com as artes angolanas

Roma- O presidente do conselho de administração da empresa de seguros de Angola (Ensa), Manuel Gonçalves, afirmou nesta quarta-feira, em Roma (Itália), que a vida da instituição tem sido marcada pela estreita relação com as artes pictóricas e escultóricas angolanas, que promove concretizando uma política de responsabilidade social coerente e permanente.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Manuel Gonçalves, PCA da Ensa

Foto: francisco Miudo

Na sua nota sobre a exposição “Agenda Angola”, que acontece entre 22 de Janeiro a 23 de Fevereiro do corrente ano no Museu Pigorini, em Roma, com uma colecção de artes da seguradora angolana, Manuel Gonçalves reafirmou que a participação com o seu acervo no mais prestigiado evento de arte do mundo (a 55ª edição Bienal Internacional de Veneza), entre Junho a Novembro de 2013, é o demonstrativo do empenho e do interesse da instituição pela cultura angolana.

“O convite da Embaixada de Angola na República de Itália e do Ministério da Cultura da República de Angola é um grande incentivo que podemos receber por tudo quanto modestamente temos feito em prol da cultura nacional, deixando-nos convictos de que estamos no caminho certo e que a nossa aposta, que um dia foi uma ideia lançada a desafio, deve continuar a prosperar”, disse.

A Ensa, SA participa no evento com o seu acervo de obras de arte moderna e contemporânea de 21 artistas angolanos de diferentes gerações e residentes no país, seleccionadas da Colecção ENSA-Arte.

“A ENSA vem mais uma vez confirmar o seu compromisso com os artistas e as artes plásticas, contribuindo para o incentivo e valorização da criação artística e a preservação da nossa identidade”, reforçou Manuel Gonçalves.

Assuntos Artes Plásticas   Itália  

Leia também