Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

14 Maio de 2012 | 14h13 - Atualizado em 14 Maio de 2012 | 14h26

Pavilhão de Angola com programa cultural atractivo

Coreia do Sul

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O director operativo e de eventos culturais, Kayaya Júnior

Foto: Angop

  

Yeosu ( Dos enviados especiais) - Um programa cultural diversificado e atractivo foi criteriosamente preparado para animar os visitantes que acorrerem ao pavilhão de Angola na Expo Yesou 2012, de 12 de Maio a 12 de Agosto, na Coreia do Sul, informou nesta segunda-feira o director operativo e de eventos culturais, Kayaya Júnior.

Segundo a fonte, que falava à Angop, várias actividades tiveram já início desde a abertura da Expo, com a realização de duas a três performances por dia, com um grupo tradicional de dança, o Kina Kumoxi, integrado por seis bailarinas, dois percussionistas e os cantores Gerson Castro e Gizela Silva.

Kayaya Júnior esclareceu que este grupo vai manter o pavilhão sempre com animação cultural ao longo da realização da exposição.

Em termos de programação da organização da Expo no geral, ou seja, nos palcos fora do pavilhão, prevê-se que sejam, inicialmente, feitos oito espectáculos até ao dia 31 do mês em curso, que serão garantidos por um grupo de artistas provenientes de Luanda e que têm a sua chegada aprazada para a próxima quinta-feira (17).

Integram a caravana artística o grupo Nguami Maka, o duo Canhoto, Walter Ananás, Nicol Ananás, Lulas da Paixão, Canícia, o grupo de música e de dança Kintuene, da província de Cabinda, e a estilista Nadir Tati.

Para o dia de África, Kayaya Júnior garantiu que está tudo assegurado, devendo-se aproveitar a presença dos artistas angolanos.

“Contactos estão a ser feitos com outros países africanos para, caso tenham disponíveis os seus músicos, fazer-se uma concertação e realizar um espectáculo dedicado à África”, esclareceu.

Kayaya Júnior enalteceu a participação de diversas equipas culturais angolanas nas diversas exposições, por ser uma forma de mostrar Angola cultural ao mundo.

Disse ser reconfortante que, três dias depois da abertura da Expo Yeosu 2012, muitas pessoas estejam curiosas em saber o que o país vai apresentar em termos de animação cultural, facto que, em sua opinião, demonstra o "perfume" angolano que ao longo destas realizações vai contagiando visitantes de vários países.

Angola traz para esta expo o tema " Desenvolvimento Sustentável, o Nosso Compromisso".

Assuntos Angola  

Leia também
  • 22/08/2013 19:01:01

    Assinala-se hoje o Dia Mundial do Folclore

    A comemoração da data tem como objectivo assegurar, no mundo, as mais amplas manifestações populares. Em inglês Folk significa “povo” e Lore,”estudo, saber, conhecimento”. O folclore é o conjunto das tradições e de um povo, expressas nas suas lendas, crenças, canções e costumes. Mas o ...

  • 09/08/2013 19:39:35

    Dodó Miranda participa em festival de música africana

    Kinshasa - O músico angolano Dodó Miranda participa de 10 a 17 de Agosto, em Kinshasa (RDC), na sexta edição do Festival da Música Africana, que contará com mais de 100 artistas africanos. O evento, que vai decorrer sob o lema «As estrelas celebram a paz para um Congo sem violência sexual e sem ...

  • 06/08/2013 05:05:44

    Defendida formação técnico-profissional para os músicos

    Luanda – O músico angolano Dom Caetano afirmou hoje, terça-feira, em Luanda, que a formação técnico-profissional ao nível da música é necessária cada vez mais de forma a conferir maiores competências aos músicos nacionais. Dom Caetano, que falava à Angop, referiu que o país necessita de mais ...

  • 24/07/2013 16:33:02

    Bolsas de criação reforçam acções de agentes culturais

    Luanda – O projecto de Decreto Presidencial sobre as bolsas de criação é um instrumento que virá reforçar um determinado conjunto de agentes culturais (a título individual) dedicados à promoção e progresso da actividade artística nacional, afirmou, em Luanda, o director do Gabinete Jurídico do ...