Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

06 Dezembro de 2012 | 15h07 - Actualizado em 06 Dezembro de 2012 | 15h07

Amantes da música lamentam mortes de Chissica Artz e Nito Nunes

Moxico

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luena – Amantes da música nacional lamentaram hoje, quinta-feira, no luena, capital do Moxico, as mortes dos artistas angolanos Chissica Artz e Nito Nunes ocorridas quarta-feira, em Luanda, vítimas de doenças.


Em declarações à Angop, os interlocutores manifestam-se tristes pelo facto de a cultura estar a perder muitos artistas, numa altura em que a população acredita nos talentos que estão a revelar-se no país.


Adriano José, admirador das músicas de Chisica Artz, disse estar muito abalado com o seu falecimento.


Já Joana Gambo avança que a morte do jovem cantor natural do Huambo representa uma perda irreparável para cultura angolana.


Ao recordar o tempo das antigas “farras”, onde a “batida” de Nito Nunes era indispensável, Domingos Campeão Simão considerou que Nito Nunes contribuiu para o engrandecimento da música angolana.


Consternado com a notícia apelou à sociedade angolana a prestar um tributo em memória do seu empenho na divulgação dos valores históricos e culturais do povo angolano no interior e exterior do país.


Autor dos discos "Inconformado" (1998), "De traz para frente" (2002), "Influências" (2005) e "Realidade" (2010), Chissica Artz, de 36 anos de idade, venceu em 2001 as categorias "Música do ano" e "Artista Revelação" do Top Rádio Luanda.


Um ano depois, em 2002, ficou em terceiro lugar no prémio Kora, na categoria "Melhor Artista da África Austral", ao lado dos músicos Koffi Olomidé e Ivony Chakachaka.


Enquanto isso, o considerado artista de sucesso na década de 70, Nito Nunes é autor do disco “N’Gueza”, que comporta dez temas de semba e rumba, com a participação dos músicos Yeyé, Sacerdote, Livongh, Presilha, Alex Samba, Texas, Mayó, Inácio do Fumo, Lutuima e Meu.

Assuntos Província » Moxico  

Leia também