Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

14 Fevereiro de 2012 | 19h15 - Atualizado em 14 Fevereiro de 2012 | 19h12

ISUPE com novos cursos de licenciatura

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo - O Instituto Superior Politécnico de Humanidades e Tecnologias – Ekuikui II (ISUPE), adstrito à Universidade Lusófona de Portugal, vai abrir este ano cinco novos cursos de licenciatura que se vão juntar aos seis já existentes, visando aumentar e diversificar a sua oferta pedagógica.

O administrador da referida instituição de ensino superior, Carlos Matias de Brito, informou hoje (terça-feira) à Angop que a abertura destes novos cursos resulta da grande procura da população estudantil local, sobretudo os jovens que procuram não apenas aumentar os seus níveis académicos, mas também formarem-se em áreas que sempre desejaram.

Para este ano, explicou, serão colocados à disposição dos candidatos cursos de Direito, Enfermagem, Psicologia, Serviços Sociais e Ciências da Educação.

O ISUPE, única escola privada de ensino superior na província do Huambo, existe desde 2011. Até então leccionava cursos de Comunicação aplicada - marketing, publicidade e relações públicas, Contabilidade e administração, Informática de gestão, Engenharia informática, Educação física e desporto e Engenharia civil.

Carlos Matias de Brito informou ainda que as aulas começam na primeira quinzena de Março, estando a decorrer neste momento as inscrições dos novos estudantes e a confirmação das matriculas para os que já frequentaram o ISUPE o ano lectivo passado.

Sublinhou também estar em curso o recrutamento de mais professores que vão garantir o funcionamento regular dos cinco novos cursos.

O administrador do ISUPE informou que a selecção dos candidatos à docência está a ser feita de forma cuidadosa, uma vez ser pretensão da instituição contratar professores capazes de corresponderem com os mais altos padrões de qualidade de ensino, principal objectivo da instituição.

Disse que, devido ao défice de quadros nacionais com o perfil pretendido pela instituição, alguns docentes virão de Portugal.

Afirmou que o ISUPE está dotado de condições indispensáveis para o sucesso do processo de ensino e aprendizagem, referindo-se a bibliotecas virtuais, laboratórios e demais meios de ensino apropriados.

"Queremos ser uma instituição de referência nacional na formação de quadros qualificados e aptos para darem o seu contributo no processo de reconstrução e desenvolvimento do país. O nosso maior objectivo, além de contribuirmos na valorização dos quadros locais, é fazer com que os estudantes ao terminarem seus cursos no ISUPE possam estar em condições de darem seu auxílio ao país, nas áreas pelas quais foram formados", justificou.

O Instituto Superior Politécnico de Humanidades e Tecnologias – Ekuikui II funciona num edifício de quatro andares, com 36 salas de aula. Na província do Huambo, antigo centro académico angolano, estão em funcionamento, além do ISUPE, o Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), as faculdades de Medicina, de Ciências Agrárias

(FCA), de Direito, de Economia, de Medicina Veterinária e o Instituto Superior Politécnico.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 23/08/2013 09:44:40

    Leitores satisfeitos com o atendimento nas bibliotecas

    Entrevistados pela Angop, os leitores salientaram que as bibliotecas ajudam a diminuir a carência de livros nas instituições de ensino, além de serem um complemento para o processo de ensino e aprendizagem. A estudante do curso superior de ensino da Psicologia, Josefina Mercedes Geraldo, ...

  • 23/08/2013 08:25:34

    Biblioteca municipal do Huambo necessita de mais livros

    A preocupação foi manifestada hoje, sexta-feira, à Angop, pelo responsável para o acervo da biblioteca, António José Dias, tendo realçado que alguns leitores não têm conseguido encontrar livros que procuram. Das sete mil obras diversas que compõem o acervo bibliográfico da instituição, ...

  • 22/08/2013 17:44:19

    Biblioteca Adventista com falta de livros

    Em declarações hoje, quinta-feira, à Angop, a responsável da instituição, Elisabeth Gonzalle, assumiu ser fraca a adesão dos cidadãos, por falta de livros que possam complementar as matérias que são ministradas nas escolas. Informou que a biblioteca possui um acervo de três mil obras ...

  • 21/08/2013 17:56:42

    Defendida maior difusão da educação sexual nas escolas

    Falando sobre o tema “A educação sexual”, durante uma palestra inserida no quadro de actividades do acampamento nacional da JUFRA, a decorrer nesta cidade desde segunda-feira, o responsável disse ser necessário que os professores, independentemente das especialidades académicas, transmitam ...