Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

15 Fevereiro de 2011 | 19h11 - Actualizado em 15 Fevereiro de 2011 | 19h10

ISUPE prevê matricular 700 estudantes no seu primeiro ano de funcionamento

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo - O Instituto Superior Politécnico de Humanidades e Tecnologias "Ekuikui II" (ISUPE), adstrito à Universidade Lusófona de Portugal, prevê matricular, no primeiro ano de funcionamento em Angola, 700 estudantes com formação média concluída, que serão distribuídos pelos seis cursos que a instituição vai ministrar.

Esta garantia foi dada hoje (terça-feira) à Angop, no Huambo, pelo coordenador geral do projecto de implantação do ISUPE na província, Carlos Matias de Brito, tendo informado que as inscrições encerram no final deste mês, uma vez que as aulas terão o seu inicio em meados de Março.

Assegurou que os cursos estão a ser muito solicitados pela população estudantil local, sobretudo os jovens, que procuram não apenas aumentar os seus níveis académicos, mas também formarem-se em áreas que sempre desejaram.

Informou estar para breve o início do processo de selecção de candidatos à docência, sendo que a prioridade é recrutar professores nacionais.

O ISUPE, segundo o seu coordenador geral, vai ministrar cursos de bacharelato em Comunicação Aplicada - Marketing, Publicidade e Relações Públicas, Contabilidade e Administração, Informática de Gestão, além de licenciatura em Engenharia informática, Educação Física e Desporto e Engenharia Civil.

A instituição de ensino superior, a primeira do género na província do Huambo, vai funcionar num edifício de quatro andares, com 36 salas de aula, das quais 12 já estão em condições para acolher os primeiros estudantes.

Carlos Matias de Brito esclareceu também que a direcção do Instituto Superior Politécnico de Humanidades e Tecnologias -Ekuikui II- prevê cobrar propinas compatíveis ao poder de compra da população local e da qualidade de ensino a ser ministrada.

No Huambo estão em funcionamento as Faculdades de Economia, Direito, Medicina, Agronomia, Veterinária, Instituto Superior de Ciências da Educação e o Instituto Superior Politécnico, que este ano colocaram à disposição da população discente 1.335 vagas a serem preenchidas mediante a realização de exames de selecção.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também