Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

04 Março de 2010 | 15h40 - Actualizado em 04 Março de 2010 | 17h11

Universidade Katyavala Bwila admite 989 candidatos

Benguela

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Reitor da Universidade Katiavala Buila, Paulo de Carvalho

Foto: Angop

  

Benguela – Novecentos e 89 candidatos, dos sete mil e 538 inscritos, foram admitidos no presente ano académico na Universidade Katyavala Bwila (UKB), após aprovarem nos exames de aptidão de Fevereiro último, anunciou quarta-feira, em Benguela, o seu reitor, Paulo de Carvalho.

Falando em conferência de imprensa, o responsável explicou que a este número de estudantes aprovados devem juntar-se outros 45, para as vagas na Faculdade de Medicina, estando para breve a publicação das listas finais.

De acordo com Paulo de Carvalho, tão logo os resultados sejam divulgados, a UKB vai admitir para o preenchimento de vagas, nos 13 cursos existentes, mil e 34 candidatos para o ano lectivo 2010, mais quatro em relação à cifra de mil e 30, inicialmente estabelecida.

Porém, adiantou que o número real de aprovados pode vir a aumentar substancialmente, já que, por enquanto, está em fase final o período de reclamações e revisão de provas dos candidatos não admitidos.  

"Em caso de confirmação de melhoria de notas, o número de admitidos vai ser superior ao que acabamos de indicar", sublinhou, explicando que do processo de admissão participaram docentes e discentes, sob supervisão dos júris indicados para cada um dos 13 cursos.

Referiu, por outro lado, que foram detectadas irregularidades na realização dos exames, sendo 12 atrasos irregulares e falta de comprovativo de pagamento dos documentos exigidos.

Disso, esclareceu, derivou o impedimento de 20 candidatos aos exames, além de terem anulado 35 provas, por cábula.

Paulo de Carvalho lembrou que aquela universidade quer imprimir rigor e transparência à sua gestão, para consciencializar os estudantes sobre a importância do estudo e cumprimento escrupuloso das regras estabelecidas.

Assumiu que a reitoria está a trabalhar na elaboração de um plano de desenvolvimento institucional da Universidade Katyavala Bwila, com vista a promover a evolução do ensino superior na região académica, que compreende as províncias de Benguela e do Kwanza Sul.

A UKB oferece cursos de Direito, Medicina, Economia, Psicologia, Pedagogia, Educação Especial, História, Matemática, Geografia, Linguística Portuguesa, Inglesa e Francesa (nos ISCED’s de Benguela e do Kwanza Sul) e Informática (no Instituto Superior Politécnico do Lobito).

Assistiram à conferência de imprensa o vice-reitor da UKB, Manuel Bandeira, os decanos do ISCED Benguela e do Instituto Superior Politécnico do Lobito, da Faculdade de Medicina e os vice-decanos das faculdades de Economia, Direito, além dos presidentes de júris dos exames de aptidão.

Leia também
  • 22/05/2014 16:03:15

    Benguela: Sector da Educação capacita quadros sobre administração pública

    Benguela- Cento e 60 quadros da Direcção Provincial da Educação, Ciência e Tecnologia de Benguela estão a ser capacitados sobre administração pública e recursos humanos, visando a melhoria da prestação de serviços aos utentes, informou hoje, a coordenadora de formação, Beatriz Januário.

  • 09/05/2014 20:01:12

    Benguela: Professora titular da USP dá mérito a Rede de Meditecas de Angola

    Benguela - A professora titular da Universidade de São Paulo (Brasil) Sueli Mara Ferreira deu mérito hoje (sexta-feira), em Benguela, ao Programa de Rede de Mediatecas de Angola, desenvolvido pelo Executivo angolano, como forma de possibilitar o aumento de conhecimento de todos cidadãos.

  • 07/05/2014 11:15:01

    Abertas em Benguela II jornadas científicas da Universidade Jean Piaget

    Benguela - As II jornadas científicas da Universidade Jean Piaget sob o lema "O desenvolvimento, qualidade e ética" iniciaram hoje (quarta-feira), em Benguela, no âmbito das comemorações do décimo aniversário de existência do pólo na província, a assinalar-se no dia 10 do corrente mês.

  • 25/04/2014 17:20:29

    Benguela: Professores das classes de monodocência recebem formação

    Benguela - Mil professores que leccionam a 5ª e 6ª classes em regime de monodocência nas escolas primárias da província de Benguela estão a ser capacitados em matérias ligadas à expressão motora e aos jogos recreativos , numa iniciativa do sector da Educação.