Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

16 Outubro de 2009 | 11h03 - Atualizado em 16 Outubro de 2009 | 11h02

Universidade Gregório Semedo encerra as suas portas

Huíla

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar


Lubango - O núcleo de apoio da Universidade Gregório Semedo (UGS), no Lubango, província da Huíla, deve encerrar as suas portas, no dia 18 deste mês (segunda-feira), por orientação da Secretaria do Estado para o Ensino Superior (SEES), por estar a funionar de forma ilegal.


O facto foi dado a conhecer nesta quinta-feira à Angop, no Lubango, pelo porta-voz da comissão instaladora local da associação dos estudantes da referida instituição, Adalberto Bravo da Costa, que fez saber que a decisão foi tornada pública pelo seu proprietário, Lopes Semedo, a seis do corrente mês.


A fonte avançou que a decisão da SEES é extensiva a sua dependência do Namibe, em função do incumprimento de exigências legais que permitam a sua expansão para estas províncias do país.


Disse que o facto está a provocar um descontentamento generalizado por parte dos mil e 350 estudantes matriculados que foram apanhados de surpresa.


A Universidade Gregório Semedo foi instalada na cidade do Lubango em 2008 e ministra cursos como gestão informática de gestão, direito, gestão de empresas e recursos humanos e gestão comercial e marketing.

Assuntos Província » Huíla  

Leia também