Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

15 Junho de 2009 | 21h07 - Atualizado em 15 Junho de 2009 | 21h05

Professor universitário sugere projectos mineiros para indústria

Conferência

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar


 
 
 
Luanda – O professor Universidade  Agostinho Neto,  Eduardo Morais,  sugeriu hoje ( segunda-feira) , em Luanda a definição de uma estratégia  para o desenvolvimento económico e social de Angola, através da  implementação  de projectos  mineiros em que os recursos sirvam de  matérias-primas para a industria transformadora nacional.


 
Tendo em conta as potencialidades agro-minerais existentes  no país, Eduardo Morais,  frisou que os fosfatos naturais, sais de potássio, calcários dolomíticos enxofre e gás  natural são importantes para a  implementação de projectos mineiros e industriais.


 
Para o docente, estes  minerais podem permitir o relançamento da produção agrícola e o melhoramento das condições  de vida da população.


 
Falando na Conferência Internacional sobre Recursos Naturais, promovida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, Eduardo António, disse ainda que o fraco desenvolvimento  da agricultura tradicional deve-se à  rusticidade do equipamento empregue, do tipo de energia utilizado e dos factores  de benefício a que  se recorre.


 
 “Um dos factores determinantes no aumento da produtividade e,  por consequência,   da competitividade,  reside na fertilidade dos solos, que deverá considerar como  factor prioritário em qualquer intervenção”,  sublinhou o  professor,  que apresentou o tema  os
“Agro-minerais em Angola”.


 
O evento teve como objectivo sensibilizar os órgãos do Estado e a sociedade civil sobre a importância da investigação científica aplicada à utilização e gestão sustentável dos recursos naturais.

Foram palestrantes técnicos angolanos, cubanos, brasileiros e portugueses. O evento esteve divido em três painéis -  “Gestão sustentável dos recursos naturais”, “A  investigação científica na gestão dos recursos naturais”  e os “Recursos naturais e sua
aplicação para o desenvolvimento sustentável”.

Durante o dia, os participantes discutiram  “A implementação de um centro de desenvolvimento tecnológico de rochas ornamentais, perspectivas e desafios”,  “A contribuição do Centro Nacional de recursos Fotogenetico no melhoramento das variedades agrícolas” e “A gestão das pescas em Angola numa abordagem do ecossistema”.

 “Agromineira em Angola: Perspectivas da sua utilização”, “Agronegócio e agricultura familiar, miltifuncionalidade e sustentabilidade”, “Recursos minerais e a problemática da sua aplicação em Angola”, “Namibe, recursos naturais: valorização e reconhecimento mundial”, bem como “A utilização de águas subterrâneas como complemento ao abastecimento de Luanda e arredores” integraram
os temas.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 23/08/2013 06:20:50

    Governante constata obras de impacto social

    Em declarações à Imprensa, a governante manifestou sua satisfação pelo estado avançado em que se encontram as referidas obras, tendo adiantado que, em finais de Setembro do ano em curso, a circunscrição vai beneficiar destes projectos sociais importantes para melhoria das condições de vida dos ...

  • 22/08/2013 17:37:33

    Assomicro forma membros para fomento do primeiro emprego

    Em declarações hoje à Angop, o presidente da referida associação, Carlos da Gama, disse que os promotores de micro e pequenas empresas estão a ser formados em matérias sobre como abrir uma empresa e a sua gestão. Salientou que a juventude tem sido a grande afectada pela falta de oportunidade ou ...

  • 20/08/2013 20:50:49

    Ministro da Geologia e Minas recebe investidores do Koweit

    Segundo uma nota de imprensa do ministério chegado hoje à Angop, o grupo, que prevê cumprir um vasto calendário trabalho, manifestou o interesse em financiar vários projectos de desenvolvimento. Deste modo, o AIDCO vai manter encontros com o vice- presidente da República, Manuel ...

  • 20/08/2013 12:01:07

    Crescimento económico garante mais investimento directo ao país

    Em declarações à Angop, sobre o Investimento Estrangeiro Directo em Angola, Manuel Lourenço afirmou ser necessário que o país mantenha a posta na concessão de incentivos fiscais e na criação de infra-estruturas. Esse tipo de investimento, prosseguiu, é fundamental porque os recursos entram no ...