Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

12 Setembro de 2008 | 17h41 - Atualizado em 12 Setembro de 2008 | 18h28

Pobreza será combatida com emprego e habitações sociais, diz ministro-adjunto do PM

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda – O ministro-adjunto do primeiro-ministro, Aguinaldo Jaime, garantiu hoje (sexta-feira), em Luanda, que, na próxima legislatura, o Governo vai combater a pobreza com programas de diversificação da economia, criação de empregos e construção de habitações sociais.



“A estratégia de combate à pobreza é fornecer rendimento às pessoas por via do trabalho. Teremos de aumentar a oferta de emprego através da diversificação do sector não-mineral”, indicou Aguinaldo Jaime aos jornalistas, após um encontro com a missão de observadores da Sociedade Civil Africana.



O ministro Aguinaldo Jaime considera que a diversificação da economia deverá passar pelo impulsionamento de sectores como a agricultura, pescas, pecuária, construção e indústria transformadora, por permitirem a criação de um grande número de postos de trabalho.



Com essas duas vias (aumento da oferta de emprego e de casas sociais para os jovens), associadas a outras políticas do Estado, o ministro-adjunto do primeiro-ministro espera que sejam respondidas as grandes preocupações dos cidadãos.



Aguinaldo Jaime considera, de forma optimista, que a economia vai começar a criar condições para “remunerar bem” os trabalhadores angolanos, mas descartou a possibilidade de despedimento massivo da força de trabalho para melhorar os salários.



“A solução está na criação de condições para a diversificação da economia, aumento da riqueza e do empreendedorismo, de modo a permitir a iniciativa empresarial, para desafogar o aparelho administrativo do Estado e dar maior peso aos sectores económicos”, indicou.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 22/08/2013 21:47:47

    Comissão Económica aprova proposta de gestão do espaço aéreo civil

    Segundo o comunicado final da 7ª sessão extraordinária da Comissão Económica, a proposta tem por objectivo melhorar o controlo do tráfego aéreo, eliminando os riscos para a navegação aérea civil no espaço aéreo nacional, nomeadamente nas Regiões de Informação do Voo Continental e do Voo ...

  • 22/08/2013 17:37:33

    Assomicro forma membros para fomento do primeiro emprego

    Em declarações hoje à Angop, o presidente da referida associação, Carlos da Gama, disse que os promotores de micro e pequenas empresas estão a ser formados em matérias sobre como abrir uma empresa e a sua gestão. Salientou que a juventude tem sido a grande afectada pela falta de oportunidade ou ...

  • 20/08/2013 20:50:49

    Ministro da Geologia e Minas recebe investidores do Koweit

    Segundo uma nota de imprensa do ministério chegado hoje à Angop, o grupo, que prevê cumprir um vasto calendário trabalho, manifestou o interesse em financiar vários projectos de desenvolvimento. Deste modo, o AIDCO vai manter encontros com o vice- presidente da República, Manuel ...

  • 20/08/2013 12:01:07

    Crescimento económico garante mais investimento directo ao país

    Em declarações à Angop, sobre o Investimento Estrangeiro Directo em Angola, Manuel Lourenço afirmou ser necessário que o país mantenha a posta na concessão de incentivos fiscais e na criação de infra-estruturas. Esse tipo de investimento, prosseguiu, é fundamental porque os recursos entram no ...