Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

04 Junho de 2009 | 10h50 - Atualizado em 04 Junho de 2009 | 20h11

Centro de Cacuso forma mais de 300 jovens para construção civil

Malanje

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Foto: Angop


 

Cacuso - O primeiro centro profissional de construção civil, que numa primeira fase vai formar mais de 300 jovens nas áreas de "construção civil, obras públicas e indústria de materiais de construção", foi inaugurado quarta-feira, pelo ministro das  Obras Públicas, Higino Carneiro, no municipio de Cacuso, na província de Malanje.

O centro vai ministrar cursos de construção e manutenção de vias, desenho de construção civil, topografia, gestão e execução de obras, técnicos orçamentistas, instalações prediais, electricidade, soldadura, mecânica industrial e urbanismo.


 

O imóvel foi construído pela empresa "Odebrecht", durante cerca de dois anos, e comporta 11 salas de aulas, das quais 9 de aulas teóricas e duas de desenho, 24 quartos, sendo 18 para homens e 6 para mulheres, uma biblioteca, quadras polidesportivas, um auditório, um bloco administrativo, serviço social e refeitório.


Existem dois blocos laboratoriais, dos quais um de construção civil que alberga os laboratórios de canteiro industrial, hidrossanitária, resistência de matérias, solos, canteiros das obras, instalação eléctrica predial, betume e topografia.


 

O bloco industrial comporta os laboratórios de oxi corte, solda eléctrica, maquinaria eléctrica, electrónicas de instalações, tornearia, justagem, mecânica, caldeiraria, fresagem e metrologia.

 
De acordo com o gerente pedagógico, João Sabino, o centro vai dar ainda oportunidade às empresas que actuam no mercado angolano que necessitam de capacitar e valorizar o seu pessoal, dando-lhes oportunidade de formações continua.

Precisou que para a inscrição, os candidatos deverão ter a idade mínima  17 anos, e deverão possuir como habilitações literárias  6ª a 9ª classes.

Satisfeito com a existência do empreendimento na região, o administrador municipal de Cacuso, Simão Aires, disse  que o "centro vai proporcionar a muitos jovens o seu primeiro emprego, contribuindo satisfatoriamente para a reconstrução do país".

Município de Cacuso, onde se localiza a barragem de Kapanda, é uma região potencialmente agrícola, e situa-se a 72 quilómetros a oeste da cidade de Malanje.

Assistiram à cerimónia de inauguração do centro o governador da província de Malanje, Boaventura Cardoso, o embaixador da República do Brasil em Angola, Afonso Cardoso, membros do governo, empreiteiros, autoridades tradicionais, políticos e vários outros cidadãos.

Assuntos Província » Malanje  

Leia também
  • 26/07/2013 18:06:45

    Adra abre 7ª Feira de Produção Rural na comuna do Lombe

    Malanje - A 7ª Feira de Produção Rural, que visa expor diferentes produtos agrícolas e contribuir para o incentivo da comercialização da produção, foi aberta hoje (sexta-feira), na comuna do Lombe (município de Cacuso), pela Ong Adra Antena Malanje. Falando na abertura do evento, que tem a ...

  • 22/07/2013 15:41:20

    ADRA promove feira rural na comuna do Lombe

    Malanje - Uma feira rural, que visa contribuir para a divulgação e comercialização da produção agrícola dos camponeses, será promovida nos dias, 26 e 27, deste mês, na comuna do Lombe, município de Cacuso, Malanje, pela Ong angolana Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA-Antena ...

  • 22/07/2013 10:53:30

    Comuna de Muquixe ganha bomba de combustível

    Caculama - Um posto de combustível, com capacidade para armazenar sessenta mil litros de gasolina e gasóleo, foi inaugurado sábado, na comuna de Muquixe, município de Caculama a 32 quilómetros a leste da cidade de Malanje, pelo administrador municipal adjunto de Caculama, Noé Rapane. O posto de ...

  • 19/07/2013 17:09:17

    Sodepac firma contrato de 66 biliões de Kwanzas com empresas agro-industriais

    Cacuso - Cinco contratos avaliados em 66 biliões de Kwanzas foram firmados quinta-feira na fazenda Pedras Negras (comuna de Pungo andongo), município de Cacuso, entre a Sociedade de Desenvolvimento do Pólo Agro-industrial de Capanda (Sodepac) e cinco empresas privadas ligadas ao sector da ...