Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

31 Outubro de 2013 | 21h12 - Actualizado em 01 Novembro de 2013 | 10h16

OGE para 2014 avaliado em mais de 7 triliões de Kwanzas

Os custos das receitas e despesas do OGE (Orçamento Geral do Estado) para 2014 estão avaliados em 7,2 triliões de Kwanzas, disse quinta feira em Luanda, o ministro das Finanças, Armando Manuel.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

MINISTRO ANGOLANO DAS FINANÇAS, ARMANDO MAUEL, fala do OGE para 2014

Foto: Angop

De acordo com o ministro que falava no programa grande entrevista da Televisão Pública de Angola (TPA), trata-se de um orçamento que representa as opções estratégicas definidas pelo Plano Nacional de Desenvolvimento.

 
Segundo o governante, no Plano de Desenvolvimento, o Executivo procura dar primazia às questões do domínio social, com vista a assegurar melhoria de vida das populações, o incremento e diversificação da actividade económica, estabilidade cambial e de preços, para o fomento da actividade produtiva.

 
Disse que consta ainda do Plano Nacional de Desenvolvimento, a inserção de Angola no escopo internacional competitivo.

 
Informou também que no Orçamento Geral de Estado, que será aprovado em Novembro e executado a partir de Janeiro de 2014, o sector social, absorve cerca de 30 porcento do total.

 
O Orçamento Geral do Estado (OGE) do ano em curso (2013) está avaliado em 6,6 triliões de kwanzas.

Assuntos OGE   Província » Luanda  

Leia também