Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

26 Maio de 2012 | 11h12 - Atualizado em 26 Maio de 2012 | 11h12

Sector do turismo em Kambambe clama por investimentos

Kwanza Norte

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Dondo - O sector turístico no município do Kambambe, província do Kwanza Norte, necessitando de investimentos para conferir maior dignidade aos visitantes que afluem às zonas turísticas locais.

O facto foi expresso pelo responsável da repartição económica da administração municipal de Kambambe, Paulino António Pinheiro.

Em declarações à Angop, o responsável sublinhou o facto de o turismo ser uma das áreas de interesse que acolhe visitantes, quer nacionais como estrangeiros, "pelo que requer fortes investimentos, com vista a geração de receitas para o estado e a promoção do emprego.

Para Paulino António Pinheiro, apesar da inexistência de um indicador de controlo dos prejuízos resultantes do subaproveitamento de determinados marcos turísticas da região, o estado perde somas financeiras avultadas que serviriam para o desenvolvimento das localidades que albergam tais estâncias turísticas.

Entre os principais constrangimentos citou a degradação das vias de acesso a algumas zonas, a falta de preservação dos recintos e a não criação de novos serviços ou de infra-estruturas de apoio aos visitantes. 

A estes factores, segundo a fonte, associa-se a falta de meios de transporte fluviais, entre outros, "o que torna inexpressiva a actividade turística do município".

Kambambe é conhecido como detentor de um acervo turístico bastante rico, em que se destaca a fortaleza de Massangano, construída como fortim de defesa das tropas coloniais portuguesas, aquando da tentativa de ocupação da região pelos holandeses que seguiam para o interior, navegando pelo rio Kwanza.

Fazem ainda parte do acervo as ruínas de Kambambe (um forte erguido pelos portugueses, fruto dos confrontos impostos pelas lutas de resistência dos autóctones à ocupação estrangeira, tendo mais tarde servido de entreposto comercial até ao século XIX. Foi classificada como Monumento Nacional, em 1925.

As ruínas da primeira fábrica de fundição de ferro em África, erguida na localidade de Nova Oeiras, comuna de Massangano, no século XVI, constam ainda dos pontos turísticos identificados na região, acrescentou o interlocutor.

Paulino Pinheiro apontou, igualmente, a praia do Kiama Fulo, no rio Kwanza, local tido como o principal postal turístico da região, mas que carece de melhorias na via de acesso, na prestação de serviços e na higiene.

"Existem outras praias como a de Ndala Ngombe, ao largo do rio Kwanza, conhecida como sendo a ilha em que se refugiou a rainha Njinga Mbandi aquando das investidas militares portuguesas que culminaram com a ocupação de Massangano (sede do reino do Ndongo).

Para o entrevistado, a própria cidade de Dondo (sede municipal), limitada por montanhas e pelo rio Kwanza e dotada de infra-estruturas de estilo arquitectónico antigo é um ponto de convergência de transeuntes que vão de Luanda para o norte, o sul e o leste do país e vice-versa, "o que lhe atribui o estatuto de marco turístico incontornável".

Leia também
  • 27/11/2012 20:13:10

    Dondo tem novo espaço para turismo, lazer e recreação

    Dondo - A cidade do Dondo, sede do município de Kambambe, no Kwanza Norte, possui um novo recinto turístico, situado na foz do rio Mucoso, afluente do Kwanza, local inicialmente frequentado por grupos de jovens aos finais de semana e que agora acolhe também turistas, incluindo estrangeiros. ...

  • 28/08/2012 03:03:10

    Rede hoteleira do Kwanza Norte vai conhecer melhorias até ao final do ano

    Luanda – A rede hoteleira da província do Kwanza Norte vai conhecer melhorias substanciais até ao final do corrente ano, com a entrada em funcionamento de mais três unidades nas cidades de Ndalatando e do Dondo, revelou recentemente o governador local, Henriques Júnior. Em declarações à ...

  • 20/05/2012 23:25:51

    Dondo tem insuficiência de unidades hoteleiras

    Dondo - A falta de unidades hoteleiras de grande dimensão no município de Kambambe, província do Kwanza Norte, é uma das debilidades registas pela administração local, face a demanda de turistas que semanalmente escalam a cidade do Dondo, em recreio ou em visita de investigação nas diversas ...