Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

26 Abril de 2012 | 19h36 - Atualizado em 26 Abril de 2012 | 19h36

Projecto de prospecção de ouro pode iniciar em 2013

Mineiro

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda– O projecto de prospecção e exploração de ouro da região de Mpopo, província da Huíla, prevê iniciar a exploração de mineiro entre o Iº e IIº semestre de 2013, na zona aurífera 40-A, informou em Luanda a directora geral da Sociedade de Metais Preciosos de Angola (SOMEPA), Djanira Santos.

“Em função dos resultados do estudo de viabilidade técnico económica, este projecto pode iniciar-se em 2013”, disse a responsável, por ocasião do Dia Nacional do Trabalhador Mineiro, que se assinala sexta-feira.

Referiu que a SOMEPA tem como perspectivas a prospecção de novas zonas auríferas na região, a elaboração de um estudo de impacto ambiental e a construção, montagem e instalação de uma planta de beneficiamento piloto para o estudo das propriedades do mineiro.

Constam ainda das perspectivas a finalização dos trabalhos de sondagem na zona 40-A, a análise e processamento dos resultados das amostras enviadas para os laboratórios no exterior do país e a preparação da base de dados da jazida 40-A para o calculo de reserva.

A fonte informou que os trabalhos de prospecção geológica do projecto estão concentrados sobre a zona 4O-A, por ser a jazida sobre a qual se possui maior quantidade de informações da época colonial.

Quanto aos trabalhos geológicos feitos, apontou a recolha e selecção de amostras, recolha de amostras tecnológicas e roteiros de pesquisa.

Djanira Santos referiu que até ao momento estão estimadas reservas na ordem de dez toneladas e que foram já investidos no projecto perto de dez milhões de dólares.

Entretanto, o responsável pelo projecto mineiro-siderurgico de Kassinga e Kassala Kitungu, Luís Barrogo informou que o mesmo está a ser implementado nas províncias da Huíla, Namibe, e Kuanza-Norte.

Referiu que o projecto está voltado à exploração de mineiro de Ferro e Manganes, devendo ser implementado em duas fases. Prevê iniciar a sua produção em 2014.